Pessoas que trabalham no regime CLT ou como autônomo com vínculo empregatício, tem o desconto da Previdência Social realizado em seu pagamento mensal, mas para os demais cidadãos que desejam se assegurar junto ao INSS, faz-se necessário o preenchimento da Guia da Previdência Social (GPS).

É muito comum que os cidadãos ao se deparar com a necessidade de preencher a guia GPS, venham a ter dificuldades com qual código de pagamento utilizar e qual o seu respectivo valor. Pensando em ajudar aos nossos leitores, decidimos escrever o presente artigo com informações sobre quais os principais códigos de contribuição do INSS e qual valor corresponde ao mesmo.

Códigos para pagamento do INSS

Para realizar o pagamento do INSS é necessário ter o código de identificação das categorias, pois é através do mesmo que temos direito a aposentadoria por tempo de serviço ou idade.

Contribuinte facultativo – 1473

O código de contribuinte facultativo pode ser usado por estudante, domésticas ou pessoas desempregadas. A contribuição realizada é referente a o valor de 11% do salário mínimo, o que equivale a R$ 109,78/mensal.

Código válido apenas para aposentadoria por idade.

Contribuinte facultativo de baixa renda – 1830

Código para contribuintes com renda familiar inferior a dois salários mínimos, mediante a comprovação com a Previdência. O valor pago é de 5% de R$ 998,00, o que equivale a R$ 49,90/mensal.

Código válido apenas para aposentadoria por idade.

Contribuinte individual – 1007 e 1163

Esse código é destinado a contribuintes que preste serviço como pessoa física, o qual deseje recolher o valor de 20% sobre R$ 5.839,45, mesmo que o salário seja maior que esse valor.

Nesse caso, o contribuinte pode se aposentar por período de contribuição ou idade.

No código 1163, é descontado 11% sobre o valor do salário mínimo para contribuinte que preste seus serviços como pessoa física, com direito a auxílios INSS e pensão, no entanto, a aposentadoria é por idade.

Contribuinte facultativo mensal – 1406

Essa categoria pode ter a contribuição paga por estudantes, donas de casa e desempregados, os quais pagam entre o valor mínimo que corresponde a 20% de um salário mínimo e o valor máximo que corresponde a 20% sobre R$ 5.839,45.

Agora que já conhecer melhor os códigos do INSS, não deixe de contribuir para a Previdência Social. Caso queira mais informações sobre a Guia GPS, acesse o site Consulta Meu INSS

Conteúdo por Lauro Nunes