Como abrir CNPJ de prestador de serviços?

Abrir CNPJ de prestador de serviços é o primeiro passo para empreender no maior setor da economia. Veja como é simples.

0

Abrir CNPJ de prestador de serviços é o objetivo de muitos empreendedores, e está mais próximo do que nunca. 

Em poucas semanas, você pode formalizar sua empresa e começar a atuar no setor mais promissor da economia brasileira.

Basta ter um bom plano de negócio e seguir alguns trâmites, aproveitando que o governo simplificou e digitalizou os processos.

Quer ver como é simples abrir CNPJ de prestador de serviços?

Então, continue lendo e siga o passo a passo para se tornar empreendedor.

Como abrir CNPJ de prestador de serviços

Entender como abrir CNPJ de prestador de serviços é o primeiro passo para alcançar seu objetivo de empreender.

O processo de abertura é o mesmo para empresas da indústria, comércio e serviços — o que muda é apenas a atividade exercida e as regras de tributação.

Depois de fazer o registro da empresa na junta comercial da sua região, você poderá cadastrar o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) na Receita Federal. 

Basicamente, esse documento é a identidade jurídica do seu negócio e obrigatório para toda empresa.

Ele é composto por 14 dígitos, no formato XX.XXX.XXX/YYYY-ZZ: os oito primeiros números formam a “raiz”de identificação da empresa, os quatro dígitos após a barra representam a unidade de atuação (0001 para a matriz e 0002 para a filial, por exemplo) e os dois últimos números são o dígito verificador (mecanismo de autenticação).

Ao obter o CNPJ, seu negócio passa a existir legalmente e já pode iniciar suas operações de prestação de serviços(se não for necessário alvará ou licenciamento). 

Por que abrir CNPJ de prestador de serviços

O setor de serviços é o maior da economia brasileira, e está sempre repleto de oportunidades para empreender.

Mesmo em um cenário de crise com a pandemia do coronavírus, os serviços vêm mostrando seu potencial de recuperação e inovação.

Em outubro de 2020, o setor teve a 5ª alta seguida com um avanço de 1,7%, chegando cada vez mais próximo do patamar pré-pandemia, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicados no G1. 

Os segmentos que mais se destacaram foram:

  • Serviços de alojamento e alimentação (6,4%)
  • Serviços de tecnologia da informação (5,8%)
  • Serviços de tecnologia da informação e comunicação (2%)
  • Transporte terrestre (1,4%)
  • Armazenagem, serviços auxiliares aos transportes e correio (1,3%)
  • Serviços técnico-profissionais (1,2%).

A expectativa é de que os serviços puxem a retomada econômica pós-pandemia.

Logo, é um bom momento para abrir CNPJ de prestador de serviços e embarcar na onda da recuperação.

Tendências para empresas de serviços

Com a mudança dos hábitos dos consumidores e o “novo normal” da economia, alguns segmentos de serviços tendem a crescer nos próximos anos.

De acordo com o painel Boletim do 2º quadrimestre de 2020 do Mapa das Empresas, divulgado pelo Ministério da Economia, estes foram os segmentos com maior abertura de novos negócios durante a crise:

  • Fornecimento de alimentos para consumo domiciliar (43.378 empresas abertas)[
  • Cabeleireiros, manicure e pedicure (36.536 empresas abertas)
  • Obras de alvenaria  (35.379 empresas abertas)
  • Preparação de documentos e serviços de apoio administrativo (24.927 empresas abertas)
  • Transporte rodoviário de carga (23.058 empresas abertas).

Outra área promissora é a do comércio eletrônico: o e-commerce cresceu 40% durante a pandemia, segundo uma pesquisa da Big Data Corp e PayPal publicada na Folha em 2020. 

Como abrir CNPJ de prestador de serviços em 5 passos

Não é difícil entender como abrir CNPJ de prestador de serviços, ainda mais com a digitalização dos processos.

Veja como proceder passo a passo.

1. Faça seu plano de negócio

Antes de abrir um CNPJ de prestador de serviços, você precisa de um plano de negócios completo para formalizar a empresa.

O planejamento deve detalhar o que a empresa irá oferecer, para quem, onde e com quais recursos, incluindo detalhes como estudo de mercado, público-alvo e tipos de serviços.

Designed by @pressfoto / freepik
Designed by @pressfoto / freepik

2. Elabore o contrato social

Com o plano de negócio pronto, você já pode elaborar o contrato social, que funciona como uma certidão de nascimento da empresa.

O ideal é ter o apoio de um contador para ajudar na redação das cláusulas, que determinam os direitos e obrigações de cada sócio, natureza jurídica do negócio, objeto social, entre outras informações essenciais à abertura da empresa.

Além do tipo societário, é importante escolher o regime tributário mais adequado à empresa, pensando no melhor caminho para reduzir impostos.

3. Faça o registro na junta comercial

O contrato social deve ser protocolado na junta comercial da sua região para obter o CNPJ. 

A única modalidade que não precisa elaborar o contrato nem fazer o registro é o MEI (Microempreendedor Individual), que pode fazer seu cadastro online pelo Portal do Empreendedor.

4. Faça a inscrição municipal

A principal diferença entre abrir CNPJ de prestador de serviços e de comerciante é que as empresas de serviços precisam fazer a inscrição municipal.

Isso porque a cobrança do principal tributo dessa categoria, o ISS (Imposto Sobre Serviços) é de competência da Prefeitura, enquanto o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é de responsabilidade do Estado.

Além disso, algumas cidades permitem que os prestadores de serviços registrem a empresa com endereço residencial — o que nem sempre é possível para comerciantes. 

5. Obtenha o alvará e licenças, se necessário

A última etapa para abrir um CNPJ de prestador de serviços é solicitar o alvará de funcionamento e licenças municipais, caso seja necessário.

Lembrando que desde a promulgação da Lei da liberdade econômica, as empresas que exercem atividades de baixo risco não precisam mais de alvará para iniciar suas operações.

Abra seu CNPJ de prestador de serviços grátis

A forma mais simples de abrir CNPJ como prestador de serviços é contratar uma empresa de contabilidade online para agilizar o processo.

Na Contabilix, o serviço de abertura de empresa é gratuito — você só paga as taxas do governo e não é cobrado pelo serviço contábil. 

Você só precisa se cadastrar, enviar os dados do negócio e deixar a elaboração do contrato social e registro com nossa equipe de contadores especializados.

Em até 20 dias úteis, você tem seu CNPJ e pode iniciar as operações do negócio com tudo regular.

E então, ficou mais claro como abrir CNPJ de prestador de serviços? Agora é só abrir empresa grátis e começar a lucrar o quanto antes.

Por: Jean Bitar, fundador e CEO da Contabilix, empresário no mercado de Tecnologia desde muito cedo, formado em Ciência da Computação e Ciências Contábeis, com MBA em Auditoria e Perícia Contábil.

Fonte: Contabilix

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.