Como apólice de Seguro Garantia Judicial pode ser um aliado para a retomada em 2021

0

Dentre tantos ensinamentos que 2020 proporcionou para o mercado, uma das lições mais valiosas foi o cuidado com a saúde financeira de um negócio.

Ao longo dos últimos meses, muitas empresas buscaram alternativas para as renegociações necessárias a fim de equilibrar a operação em um momento de tantas incertezas e, frente a esse cenário, planejar 2021 com opções que auxiliem a retomada pode ser crucial para diminuir imprevistos com as contas.

Para Edson Barros, CEO e cofundador da Acoy, assessora digital para corretores de seguros, esse momento abriu portas para que produtos ainda pouco conhecidos pudessem ganhar destaques na recuperação econômica, como é o caso do Seguro Garantia Judicial. 

“Essa é uma modalidade que visa garantir o pagamento de valores determinados à uma empresa no processo judicial, caso ela não o faça, e, ao mesmo tempo, viabilizar o exercício do direito de defesa pela empresa”, explica Edson.

“O Seguro Garantia Judicial pode ser utilizado, inclusive, para fins de substituição de outras garantias e em processos de diversas naturezas, por exemplo, em ações cíveis, fiscais e trabalhistas.

Porém, com o aumento de renegociações devido a crise, o mercado tem dado maior evidência ao emprego do Seguro Garantia Judicial em ações no âmbito da Justiça do Trabalho”, comenta.

Barros reforça que a garantia é prevista no Código de Processo Civil (CPC), Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), Lei de Execuções Fiscais (LEF), além de outros normativos que constituem ampla base legal.

Justiça

E, pensando nisso, a empresa separou quatro benefícios que as empresas encontram ao usar a modalidade como um aliado em 2021. Confira:  

1. Agilidade na captação de dinheiro

O uso da apólice possibilita o levantamento imediato dos valores depositados em juízo, contribuindo, assim, que empresas consigam arcar com uma dívida sem comprometer a operação ou fluxo de caixa ou tenha que esperar um tempo maior para a aprovação de crédito comum.

2. Isenção de limite de crédito

Como a apólice não utiliza o limite de crédito da empresa no banco, o seguro garantia pode ser utilizado como uma alternativa a mais para a resolução de possíveis pendências geradas em 2020 e não compromete a aprovação de um futuro empréstimo.

3. Evita penhora de bens

Com isso, é possível reorganizar as contas, estabilizar o fluxo de caixa e retomar as atividades sem a preocupação de perder um imóvel ou bem material, caso haja um reajuste no planejamento financeiro.

4. Rapidez na emissão da apólice

Ao contrário de um empréstimo comum, que leva tempo para avaliar o perfil solicitante, a apólice pode ser emitida em minutos, sem complicações e muita burocracia. Nesse cenário, os juros cobrados diminuem e a agilidade contribui para cortar gastos além dos previstos inicialmente.

Por Acoy