Como atualizar cadastro do MEI 2022 pela internet e de graça

Veja quais dados que podem e quais não podem ser alterados

Manter os dados da empresa atualizados, seja MEI (Microempreendedor Individual) assim como em outra categoria de empresa, é fundamental para que a contabilidade possa ser feita de maneira correta. Isso envolve diretamente também o acompanhamento de contas para que possa facilitar alguns processos como o processo de empréstimos para MEI.

Imagine se a empresa mudou de endereço e dessa forma é necessário que seja atualizado junto à Receita Federal. Você não tem ideia de como trocar seu endereço cadastrado? E o nome fantasia? Na leitura a seguir vamos mostrar como alterar e quais são os que podem e quais não podem ser trocados. O melhor é que pode ser feito gratuita e remotamente.

Para realizar as alterações, basta ter em mãos o CNPJ da empresa e os documentos pessoais (CPF, DIRPF dos últimos dois anos ou título de eleitor). 

Acompanhe!

Quais dados podem ser alterados?

  • Endereços comercial ou residencial.
  • Documento de identidade;
  • Telefones para contato;
  • E-mail
  • Nome fantasia;
  • Capital social;
  • Ocupações; 
  • Forma de atuação.

Quais dados que NÃO podem ser alterados pelo MEI? 

  • Razão Social;
  • CPF;
  • Data de Nascimento;
  • Nome da mãe; 

Como o empreendedor pode alterar seus dados?

Para realizar a alteração é bastante fácil. Confira o passo a passo:

  1. Acessar o Portal do Empreendedor:
  2. Clique em “Já sou MEI”;
  3. Clique em “Atualização Cadastral do MEI”;
  4. Após, entre em “Solicitar”;
  5. Faça login com seus dados; e
  6. Atualize ou corrija as informações disponíveis.

Conforme informado no Portal do Empreendedor, o interessado pode acessar a alteração de dados duas vezes por dia e alterar 8 campos em cada formulário, o que dá um total de 16 alterações possíveis por dia, 8 em cada acesso.

Quais as vantagens de ser MEI em 2022?

Para quem pensa em abrir uma empresa ou já trabalha de maneira informal, o MEI pode garantir diversas vantagens para a categoria. Com isso, é possível entrar para a formalidade sem gastar muito com tributações.

Dentre as vantagens de ser MEI estão: 

  1. Emissão de nota fiscal;
  2. Formalização do negócio;
  3. Direitos do trabalhador;
  4. Cadastro gratuito;
  5. Tributação simplificada;
  6. Linhas de crédito com juros reduzidos.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.