Como deve ser calculado o Simples para empresas que iniciaram a atividade no decorrer do ano calendário?

Simples Nacional

No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da opção pelo Simples Nacional, para efeito de determinação da alíquota no 1º (primeiro) mês de atividade, o sujeito passivo utilizará, como receita bruta total acumulada, a receita auferida no próprio mês de apuração multiplicada por 12 (doze).

EXEMPLO:

Por exemplo, a empresa comercial A que, no mês de fevereiro de 2018, faturou R$200.000,00, deverá pagar, no dia 20/03/18, a título de Simples Nacional, o seguinte valor: R$21.325,00

Vejamos:

Para efeito de determinação da alíquota nos 11 (onze) meses posteriores ao do início de atividade, o sujeito passivo utilizará a média aritmética da receita bruta total auferida nos meses anteriores ao do período de apuração, multiplicada por 12 (doze).

Em outras palavras, se no primeiro mês faturou R$200.000,00 e no segundo mês R$100.000,00, a média será R$150.000,00 x 12 = R$1.800.000,00, que acarretará a redução da alíquota e do valor a pagar.

Torne-se um especialista em Simples Nacional, Curso completo com todos os aspectos que envolvam tributação do Simples, clique e conheça!

Na hipótese de início de atividade em ano-calendário imediatamente anterior ao da opção pelo Simples Nacional, o sujeito passivo utilizará a média aritmética da receita bruta total auferida nos meses até completar 12 (doze) meses de atividade e a receita bruta total acumulada auferida nos 12 (doze) meses anteriores ao do período de apuração a partir do décimo terceiro mês de atividade.

Conteúdo original via Grupo Ciatos

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios

DEIXE UMA RESPOSTA

Coloque seu comentpario
Coloque o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.