Mais de uma vez você já deve ter sido questionado sobre o valor dos honorários contábeis cobrado pelo seu escritório de contabilidade. E, pior: essa pessoa muitas vezes tem um irmão, um tio, um amigo ou conhecido que também é contador e pratica um valor de honorários bem menor do que o seu, mantendo uma boa lucratividade no escritório.

A questão é que, na grande maioria das vezes, esse questionamento não é feito por mal, e sim porque a MPE não tem conhecimento de tudo que está envolvido nesse cálculo. Mas e você, contador, tem?

Situações como essa sempre acabam reacendendo dúvidas na sua cabeça: Será que o preço que estou praticando está de acordo com minha realidade e ajudando o escritório a crescer?Como cobrar honorários de forma adequada? Pois bem, para revisar o valor cobrado pelos seus serviços e chegar a uma proposta de honorários contábeis justa e lucrativa ao escritório contábil, o artigo de hoje apresenta três passos que devem obrigatoriamente ser considerados nessa hora. Confira:

Passo 1: Levantamento dos custos contábeis

O ponto de partida para se chegar a um valor de honorários contábeis justo e rentável é primeiramente levantar todos os custos envolvidos no atendimento dos clientes. Entre eles estão os custos diretos e indiretos, dos quais fazem parte insumos como materiais de papelaria, e os custos para manter o escritório de contabilidade funcionando, como energia elétrica, internet, telefone, seguro de responsabilidade civil, impostos, limpeza, aluguel e manutenção do software contábil.

A eles deve ser somado ainda o custo total com os funcionários da empresa contábil, o que abrange salário, férias, 13º salário, FGTS e INSS, por exemplo. Ficou difícil de calcular? Baixe omodelo de planilha de custos para facilitar a gestão dos custos do seu escritório!,

Passo 2: Cálculo do tempo real dedicado aos serviços

Com os custos totais mensais em mãos, é hora de descobrir quantas horas de trabalho podem ser vendidas pelo seu escritório. Para isso, considere os dias úteis do mês e multiplique pela quantidade de horas trabalhadas por todos os colaboradores em um dia. Feito isso, divida o valor dos custos pela quantidade de horas encontrada e você saberá o valor dos seushonorários de contabilidade por hora.

Agora é só acrescentar a margem de lucro esperada – de acordo com o Instituto de Estudos Financeiros, geralmente as empresas estabelecem como meta de retorno o percentual de 15% ao ano sobre seu capital próprio – e multiplicar pela quantidade de horas dedicadas a cada cliente por mês.

Para tornar o cálculo ainda mais exato e adequado à realidade de cada cliente, substitua o custo total com os funcionários pelo individual, fazendo as contas com base no custo do colaborador responsável pelo atendimento.

 

Passo 3: Comparação de honorários com a concorrência

É tentador, mas comparar o valor final dos seus honorárioscom tabelas de honorários contábeisdisponíveis na internet, valores praticados por outros escritórios de contabilidade ou aindahonorários de contadores estipulados pelo sindicato da sua região e querer adequá-lo por uma questão de pura competitividade pode acabar deixando sua empresa de contabilidade em maus lençóis.

Isso porque sua proposta de honorários contábeis é única, visto que foi calculada com base na sua realidade, e querer mudar isso pode levar sua empresa a não conseguir pagar todas as contas e gerar lucro, história que você sabe muito bem como termina.

Por outro lado, isso não quer dizer que você deva ficar de braços cruzados ao perceber que o valor que encontrou está muito acima da média de mercado, mas o caminho a ser tomado deve ser outro: em vez de simplesmente ajustar após fazer a comparação, revisar seus processos e descobrir onde o escritório contábil pode ser mais produtivo e eficiente. Isso porque a forma como o serviço é executado muitas vezes pode fazer com que sua empresa tenha custos altos e processos mais morosos, como é o caso das atividades manuais.

Automatizar o processo de recebimento, a conferência e organização dos documentos dos clientes e a digitação dos lançamentos contábeis, por exemplo, ajuda a baixar custos operacionais, praticar preços mais competitivos e reduzir o tempo gasto nas atividades. Isso é possível com a ajuda de uma solução de integração contábil.

Ao mesmo tempo em que essa automatização passa a gerar a necessidade de contratação de menos horas por parte de algumas MPEs, esse tempo ganho pode ser utilizado para oatendimento de novos clientes, expandindo a atuação do escritório e, com isso, sua rentabilidade. Como fez Nelson, diretor da Gestão Contabilidade, que ao atender seus clientes com o ContaAzul para Contadores viu sua produtividade aumentar muito, otimizando o tempo dos processos contábeis.

Portanto, da próxima vez em que você se deparar com um valor de honorários de contadoresmais competitivo do que o seu, lembre-se que esse escritório pode ter atingido um nível de eficiência operacional que permita cobrar menos e lucrar mais com a expansão do número de clientes. Antes de comparar o valor praticado pela sua empresa, não se esqueça que oferecer um preço competitivo é importante, mas valorizar seu trabalho agregando planejamento, estratégia e tecnologia também é. Fornecendo serviços contábeis de alto valor, é possível alcançar e o equilíbrio entre essas duas necessidades com as dicas detalhadas neste artigo.Bom trabalho e ótimos negócios!

Marcelo dos Santos
Sócio & Head do ContaAzul para Contadores
Formado em Ciência Contábeis, Marcelo dos Santos tem MBA em Administração Global pela Universidade Independente de Lisboa e MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Ganhou diversos prêmios como o Marketing Company on Technology Marketing e Grandes Sacadas de Marketing. Atualmente, é Sócio & Head do ContaAzul para Contadores.

Matéria: http://contaazul.com/contabilidade/blog/proposta-honorarios-contabeis-ideal/

Comente

Comentários