As dificuldades impostas pela pandemia de covid-19 fizeram com que muitas empresas enxergassem nas vendas online uma maneira de sobreviver a esse período adverso.

Contudo, não é incomum o empreendedor ficar sem saber como e por onde começar, uma vez que o ambiente digital apresenta diversas possibilidades.

O principal problema é que a situação atual, mesmo com o relaxamento gradual da quarentena no Estado de São Paulo, compromete o planejamento de abertura de um e-commerce, em função da necessidade iminente de se registrar receita para honrar os compromissos da empresa.

Confira mais e-books sobre o enfrentamento da pandemia

Com isso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do Conselho de Comércio Eletrônico, elaborou um e-book com orientações sobre como expandir os negócios para o ambiente digital de modo simples e eficiente dispondo de poucos recursos financeiros.

A publicação explica como funcionam os marketplaces, as redes sociais, a comunicação por WhatsApp, os serviços de entrega, as parcerias com influenciadores digitais, a criação de conteúdo, entre outros elementos importantes de uma operação de comércio eletrônico – sempre levando em conta a urgência decorrente da pandemia.

Clique aqui e confira o material.

Fonte: FecomercioSP