IDH: Como fazer o cálculo do Índice de Desenvolvimento Humano

0

Primeiramente, o índice de desenvolvimento humano (IDH), é uma medida que estipula o nível de progresso social de determinado país.

Atualmente, fazem parte desta grandeza física, os 189 países participantes da Organização das Nações Unidas – ONU.

Apesar de haver mais países membros na ONU, eles não fazem parte desta lista por falta de dados.

Em síntese, os criadores deste sistema de mediação, demonstraram através deste índice, o bem estar da população com medidas econômicas.

Parâmetro para avaliação de como calcular o índice de desenvolvimento humano

Inegavelmente, todo o processo de cálculos foi estudado por renomados economistas, a fim de se obter uma melhor análise.

Para isto, definiram como essencial, medidas de avaliação para o índice de desenvolvimento humano nos seguintes ramos, que são:

Duração da vida ou longevidade

Por certo, obter a idade exata que cada indivíduo irá viver não é uma conta exata.

No entanto, através deste cálculo, sabe-se uma média de ocorrência em certo período de tempo.

Renda Nacional

De fato, a remuneração paga e recebida pelos fatores de produção, é o que determina a riqueza de um país.

Esse somatório de todos os bens e serviços finais, por certo período de tempo, é o produto interno bruto.

Porquanto, este indicador vai avaliar quanto uma pessoa ganha em sua comunidade para obter bens e serviços essenciais.

Além disso, o índice de desenvolvimento humano terá como parâmetro o dólar.

Nível de escolaridade

Com efeito, haverá dois cálculos distintos para ter a resposta deste índice.

A primeira é a taxa de alfabetização de alunos com até 15 anos de idade.

Já o segundo, é da taxa de escolarização de todos os alunos de qualquer nível, matriculados no momento.

Veja também sobre e fique por dentro de todos nossos artigos:

Origem e índice do IDH

Como mencionado acima, o índice de desenvolvimento humano, foi criado pelo economista Mahbub ul Haq, na década de 90.

Logo depois de criado, foi posto numa pasta no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD.

Enfim, para fins de avaliação e pontuação dos países, este índice varia entre 0 e 1.

Bem como, para avaliar o índice de desenvolvimento humano, serão divididos de acordo com as seguintes posições, que são:

  • Muito alto desenvolvimento humano – Pontuação de 0,800 a 1;
  • Alto desenvolvimento humano – Pontuação de 0,700 a 0,799;
  • Médio desenvolvimento humano – Pontuação de 0,557 a 0,699;
  • Baixo desenvolvimento humano – Pontuação de 0,549 a 0.

Através do Relatório de Desenvolvimento Humano – RDH, é de conhecimento que não existem países com pontuação 1 ou 0.

Juntamente, analisando este relatório, sabe-se que o Níger tem a pontuação mais baixa, que é de 0,377.

Ainda mais, a Noruega é o primeiro da lista, com uma pontuação de 0,954.

Em relação à lista de 2014, o Brasil caiu quatro posições no ano de 2019, configurando na 79° posição.

Relatório anual do índice de desenvolvimento humano

De tal sorte, existe um ranking divulgado na página oficial da ONU, estabelecendo os países participantes e suas pontuações.

Igualmente, para fins de conhecimento, a revisão de sua lista se dará no final de cada ano.

Sobretudo, os dados serão referentes ao ano anterior.

De antemão, os três primeiros colocados desta lista referente ao ano de 2018 são a Noruega, Suíça e Irlanda.  

Da mesma forma, os países com notas mais baixas são o Níger, República Centro- Africana e Chade.

Apesar da África possuir uma grande extensão de terras, a discrepância de seu índice de desenvolvimento humano é alarmante.

Conforme dados, existem países africanos que está nos maiores índices de desenvolvimento, assim como, nos mais baixos também.

Eventualmente, os dados do ano de 2019 serão avaliados em dezembro de 2020.

Ao mesmo tempo, por conta da pandemia, pode ser que ajam muitas baixas de posições nesta lista.

Pois, os governos de todos os países estão passando pela primeira vez por uma crise sanitária de magnitude global.

Assim, como ficará e serão analisados estes parâmetros, ainda é uma incógnita.

Dados do Índice de Desenvolvimento Humano brasileiro

Com o efeito de avaliar os países, em relação à América do Sul, o Brasil, está à frente de sete. Elas são: Guiana Francesa, Bolívia, Paraguai, Suriname, Venezuela, Peru e Equador.

Mediante o exposto, havendo dados do relatório de 2017, tem como avaliar os melhores e piores IDH(s) do país.

Desta maneira, é de conhecimento, as cinco cidades com melhor e o pior índice de desenvolvimento humano. Em vista disso, elas são:

Maiores IDH

Das cinco cidades brasileiras, todas estão situadas nas regiões Sudeste e Sul do país.

De acordo com a sua pontuação em ordem crescente, assim constará:

  • Vitória – ES – Pontuação: 0,845 ;
  • Balneário Camboriú – SC – Pontuação: 0,845;
  • Florianópolis – SC – Pontuação: 0,847;
  • Águas de São Pedro – SP – Pontuação: 0,854;
  • São Caetano do Sul – SP – Pontuação: 0,862.

Em vista disso, se observa o quanto às regiões de nosso país são desiguais. Todas as cidades acima possuem um índice muito alto de desenvolvimento humano.

Consequentemente, existem no Brasil regiões muito abaixo.

Menores IDH

Também, em ordem crescente, listamos as cinco cidades brasileiras com o menor índice de desenvolvimento humano.

Elas estão situadas nas regiões Norte e Nordeste do país, sendo assim:

  • Melgaço – PA – Pontuação: 0,418;
  • Fernando Falcão – MA – Pontuação: 0,443;
  • Atalaia do Norte – AM – Pontuação: 0,450;
  • Marajá do Sena – MA – Pontuação: 0,452;
  • Uiramutã – RR – Pontuação: 0,453.

Para tanto, é de extrema necessidade que se estude e criem medidas públicas para estas regiões.

Visto que, seu índice é classificado como baixo desenvolvimento humano.

Fonte: Calculo Exato