Como fazer um planejamento financeiro por meio de aplicativos

0

Se você quer alcançar seus objetivos em 2021, saiba que é fundamental ter um controle financeiro das suas despesas e ganhos.

Nesse sentido, o melhor caminho é montar o seu próprio planejamento financeiro.

Com ele, vai ficar muito mais prático definir estratégias para conseguir atingir as metas neste ano. 

Contudo, existem aplicativos financeiros que podem facilitar no desenvolvimento desse tipo de planejamento.

Por isso, conheça alguns apps e saiba como organizar seu planejamento com o auxílio dessas ferramentas.

O que é um planejamento financeiro?

Quando você deseja fazer uma viagem ou comprar um carro, por exemplo, é necessário se organizar financeiramente e analisar vários pontos antes de conquistar esses objetivos. 

Para isso, é indispensável contar com a ajuda do planejamento financeiro, ou seja, um recurso usado para alcançar metas financeiras de uma maneira organizada.

Em outras palavras, esse é o tipo de ferramenta que deve ser usada diariamente, seja para colocar as contas em dia ou até mesmo para realizar algum sonho.

Além disso, vale destacar que existem dois tipos de planejamento financeiro: o pessoal e o familiar. 

No primeiro caso, são levados em consideração apenas os ganhos e despesas de uma única pessoa. Já no segundo caso, o planejamento inclui todas as receitas e contas de uma família.

Aplicativos para montar seu planejamento financeiro

Existem diversos aplicativos financeiros que são capazes de ajudar o usuário na construção do seu próprio plano financeiro.

Conheça algumas das melhores opções:

Mobills

Um dos apps mais conhecidos dentro da área de controle de gastos e finanças pessoais é o Mobills.

Esse aplicativo já teve mais de  8 milhões de downloads e possui cerca de 300 mil avaliações, somando as lojas de aplicativos Google Play e App Store.

Por meio dele, o usuário tem acesso a uma interface fácil e intuitiva, permitindo que a pessoa faça o controle de todas as suas contas em um único lugar.

Cabe ressaltar ainda que esse app disponibiliza uma função de planejamento financeiro mensal e personalizada, além de outros diferenciais como:

  • Gerenciamento de cartões;
  • Criação de metas e objetivos financeiros;
  • Acompanhamento de relatórios, para analisar sua vida financeira;
  • Sincronização de dados com a nuvem;
  • Categorização de despesas e receitas, dentre outras funcionalidades.
Designed by @pressfoto / freepik
Designed by @pressfoto / freepik

Organizze

Outra opção que pode fazer sentido para o seu perfil é o aplicativo Organizze, que é usado por mais de 2 milhões de pessoas.

A premissa desse app é dar suporte ao usuário para que ele possa gerenciar seus gastos e reunir toda a vida financeira no aplicativo. Dentre as suas funcionalidades mais importantes, se destacam:

  • Relatórios completos;
  • Categorização de gastos/receitas;
  • Alertas de contas a pagar e a receber;
  • Controle da fatura do cartão de crédito e muito mais.

Guiabolso

Por fim, no Guiabolso o usuário consegue conectar e acompanhar todas as suas despesas por um único lugar e com mais facilidade.

Outro ponto interessante a respeito desse aplicativo é sua segurança de nível bancário, ou seja, todos os dados inseridos na ferramenta são criptografados para garantir a privacidade e segurança dos dados pessoais do usuário.

Veja o que mais o app oferece:

  • Gastos categorizados;
  • Transferências instantâneas para outros bancos;
  • Ofertas de diversos parceiros;
  • Consulta de CPF e Score;
  • Planejamento financeiro e agenda;
  • Dicas personalizadas e muito mais.

Como começar seu planejamento financeiro?

A partir do momento que você escolher a melhor plataforma para criar seu planejamento financeiro, fique atento à algumas dicas do que não pode faltar na hora de fazer o seu:

  • Registro das despesas: em primeiro lugar, é importante criar o hábito de registrar todas as entradas (salários, renda extra, entre outros) e saídas de dinheiro (empréstimo, aluguel, contas básicas, por exemplo) do seu orçamento;
  • Identificação de gastos desnecessários: ao registrar todas as contas e ganhos, veja quais são as despesas que podem ser cortadas para manter as finanças pessoais equilibradas;
  • Definição dos objetivos financeiros: outro passo valioso é estabelecer quais são os seus objetivos financeiros a curto, médio e longo prazo, tendo em mente o que será preciso fazer para conseguir realizá-los;
  • Apoio familiar: para tornar essa experiência mais agradável, compensa envolver toda a família no processo de criação do planejamento financeiro. Dessa maneira, todos podem ter metas financeiras e cada um vai saber exatamente o que é preciso fazer para contribuir no equilíbrio financeiro da casa;
  • Poupando dinheiro: com tudo em ordem, não esqueça de poupar seu dinheiro para conseguir atingir seus objetivos. Nessa parte, também é interessante criar uma reserva de emergência para ser utilizada em momentos de imprevistos;
  • Atualização do planejamento financeiro: lembre-se de olhar constantemente seu planejamento financeiro e realizando qualquer tipo de atualização, caso seja necessário.

O planejamento financeiro será um companheiro inseparável para aqueles que desejam ter uma vida financeira saudável. 

No entanto, é preciso ter dedicação e persistência para não deixar essa ferramenta de lado e usá-la diariamente na sua rotina.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por William Mendes