Como funciona e quais as vantagens de utilizar o Pix no seu negócio?

O Banco Central anunciou, em dezembro de 2020, uma ferramenta que mudou a forma de fazer transferências e pagamentos no país – o PIX.

E mesmo antes do lançamento oficial, esse novo sistema de pagamentos instantâneos já era considerado uma das maiores inovações do setor bancário no Brasil em todos os tempos.

Mas e o PIX para Empresas, como funciona?

Vamos entender abaixo como funciona o PIX para Empresas e quais as vantagens de utilizá-lo em seu negócio.

PIX para Empresas na prática

Primeiramente, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central permite que as empresas paguem, transfiram e recebam dinheiro em questão de segundos.

Há disponibilidade, portanto, 24 horas por dia e 7 dias por semana (incluindo feriados). É importante dizer que todas as transações são realizadas online, por meio dos aplicativos e sistemas das instituições financeiras participantes.

Em outras palavras: o PIX não é um sistema à parte, mas sim uma solução integrada aos sistemas das instituições financeiras já existentes.

Quem pode usar o PIX PJ

Qualquer empresa de qualquer setor da nossa economia pode ter acesso ao PIX PJ, desde que possua uma conta em uma instituição financeira ligada ao Banco Central e participante do PIX.

Vale lembrar que  o método não é obrigatório para todas as instituições financeiras, mas sim, apenas para as que possuem mais de 500 mil clientes.

Com a entrada do PIX para empresas as transações podem ser realizadas entre pessoas e empresas, entre duas empresas, e até mesmo entre empresas e o governo.

Quer conhecer soluções financeiras para sua Empresa? Fale conosco e tenha acesso à mais de 30 parceiros!

Como cadastrar o PIX para Empresas

Se sua empresa deseja começar a utilizar o PIX, basta cadastrar a empresa por meio da instituição financeira que você já utiliza e criar uma chave PIX.

Esta pode ser o CNPJ da empresa, o e-mail, o telefone celular ou até mesmo um código aleatório gerado pelo sistema.

O registro acontece nos próprios canais do banco em que a empresa opera, como o internet banking corporativo ou app da instituição por exemplo.

É importante dizer que a chave PIX não é obrigatória para fazer ou receber um PIX. Continua sendo possível realizar transações informando os dados da conta bancária, como é feito freqüentemente em uma operação de TED ou de DOC.

O Banco Central, no entanto, recomenda o cadastro da chave PIX para garantir operações mais práticas e mais seguras

Vantagens para a empresa utilizar o PIX

A principal função do PIX, como vimos, é ser uma opção adicional para que as empresas recebam pagamentos.

O PIX vem se somar as “opções tradicionais” como o dinheiro físico, o boleto, as maquininhas de cartão de débito ou crédito e as transferências bancárias como o DOC ou a TED.

O objetivo final do PIX é que ele seja uma transferência tão rápida, tão fácil e até mais barata quanto pagar com dinheiro vivo.

As vantagens do PIX para as empresas são várias. Vamos conhecer algumas:

Valores com envio e recebimento instantâneo

A principal vantagem do PIX para empresas é que os pagamentos são recebidos de forma instantânea, a qualquer dia e horário.

O valor é creditado diretamente na conta da empresa, representando muito mais agilidade no dia a dia.

Através do PIX, as empresas também podem, também, fazer o pagamento de tributos, de fornecedores e de funcionários, por exemplo, com a mesma agilidade e menor custo. 

Menores Custos

Como em operações via PIX não há intermediários como as empresas que oferecem máquinas de cartão por exemplo, os custos dessas operações para instituições financeiras são bastante reduzidos.

Como exemplo, o Banco Central divulgou que o custo do PIX para as instituições financeiras será de R$ 0,01 para cada dez transações. Por outro lado, dez TEDs custam R$ 0,70 para as instituições.

As tarifas que serão cobradas por parte das instituições poderão variar bastante. Cada instituição é livre para definir seus valores, ou incluí-los em pacotes de tarifas.

Algumas instituições já informaram que ofertarão um volume de PIX sem custos às empresas e, acima desse volume haverá, portanto, uma cobrança adicional.

Disponibilidade Imediata

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro. / Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Uma das outras grandes vantagens do PIX para empresas é a disponibilidade imediata dos valores.

Quando se recebe um pagamento via cartão, por exemplo, além das taxas envolvidas, muitas vezes o dinheiro demora de 1 a 31 dias para a empresa receber.

Quando se recebe via boleto, também há um prazo de até 3 dias para recebimento. No PIX, todo recebimento é imediato.

Dessa forma, para o empreendedor, o PIX se torna uma forma mais ágil para receber pagamentos e melhora o processo de cobrança.

Maior Segurança

O sistema PIX utiliza tecnologias avançadas de autenticação e criptografia, tornando o processo muito difícl de ser fraudado.

Além disso, no caso de um pagamento equivocado, pode-se pedir ao recebedor que devolva o pagamento, instantaneamente. Por fim, utilizar o PIX evita o manuseio de dinheiro vivo ou cheque.

Importante citar que as eventuais fraudes que acontecerem com o PIX serão de responsabilidade dos parceiros do Sistema de Pagamentos Instantâneos – em outras palavras, as instituições financeiras e as de pagamento que oferecerem este meio de pagamento.

Quer conhecer soluções financeiras para sua Empresa? Fale conosco e tenha acesso à mais de 30 parceiros!

Como fazer e receber um Pix para Empresas

Para uma empresa fazer um Pix há basicamente duas opções:

Ler um QR Code com a câmera do celular

Informar uma chave Pix do recebedor ou, por outro lado, digitar os dados da conta do recebedor, similar às TEDs e DOCs

Para receber um Pix, o processo é o mesmo:

Gerar um QR Code e compartilhar com o pagador

Informar a chave Pix da sua conta

 Vale lembrar que no recebimento, a empresa pode gerar um único QR Code de pagamentos para todos os clientes ou, por outro lado, gerar um novo QR Code a cada transação.

Existem dois tipos de códigos QR:

– QR Code estático: ideal para recebimentos simples. Recomendado para profissionais liberais e micro e pequenas empresas, já que não exige que se especifique um valor.

– QR Code dinâmico: ideal para recebimentos mais complexos que possam demandar integração de sistemas e automatização, por exemplo. Nessa modalidade é obrigatório incluir o valor da transação.

Para usar o Pix como meio de pagamento na sua empresa, basta informar à seus clientes seu QR Code, seja de forma digital, impressa ou até mesmo em um aviso sinalizador, por exemplo.

Resumo

Como vimos a adesão ao PIX pelas empresas só traz vantagens, como por exemplo, a economia, a agilidade, a segurança e muito mais.

Além, claro, de oferecer mais praticidade ao cliente, com uma forma mais prática de pagamento.

Se você ainda não utiliza as soluções de PIX em sua empresa, pode estar desperdiçando uma boa tecnologia. Se já a usa, está em linha com o que há de mais atual em meios de pagamentos no Brasil!

Quer conhecer soluções financeiras para sua Empresa? Fale conosco e tenha acesso à mais de 30 parceiros!

Comentários estão fechados.