O INSS criou um projeto-piloto da prova de vida por meio de celulares, este projeto foi criado no dia 20 de agosto.

Desde então está sendo realizado testes com cerca de 300 mil beneficiários do instituto.

O INSS estima que até o fim do ano todos os usuários também façam o método online.

Os aposentados e pensionistas do INSS precisam realizar anualmente a prova de vida e por conta disso eles precisam se deslocar até agência bancária na qual recebe seu benefício para atualizar o cadastro.

Este processo ocorre para que fraudes não ocorram no sistema do Seguro Nacional.

Este método tem por objetivo fazer com que as pessoas realize a comprovação em casa.

Sendo assim em tempos da pandemia do coronavírus, o novo método é muito importante para evitar aglomeração em agências bancárias.

Ressaltando o que Leonardo Rolim, presidente do INSS, explicou, é que o projeto-piloto terá início utilizando o sistema biométrico do tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os demais também serão utilizados as bases de dados do departamento Nacional de trânsito (Denatran), juntamente com às do TSE.

Quem pode participar da biometria online do INSS?

De acordo com o INSS, os segurados que possuem carteira de habilitação e título de eleitor serão os selecionados para participarem dos testes.

E por isso é preciso estar atento, pois o instituto entrará em contato com seus beneficiários nos próximos dias.

O contato será feito por meio de mensagens enviadas pelo portal ou do aplicativo meu INSS, da central telefônica 135 e do e-mail.

Para os segurados que participarem dos testes terão suas provas de vida garantidas e por isso não precisarão ir até uma agência bancária para fazer a comprovação neste ano.

Se você é aposentado ou pensionista  e ficou de fora dos testes, não será necessário fazer a comprovação por agora, pois, segundo o INSS, por consequência da pandemia do coronavírus, as provas estão suspensas até 30 de setembro.

Mas como é a prova de vida digital?

Esta prova de vida será feita por biometria fácil, com o uso da câmera do dispositivo móvel do beneficiário.

E para isso é necessário ter instalado o aplicativo meu INSS e o aplicativo do governo digital, que vai comprovar se trata da pessoa cujo CPF foi informado no cadastramento do INSS.

Este teste só estará disponível para os beneficiários selecionados, portanto no aplicativo a opção só aparecerá para quem se enquadra nos critérios de seleção.

Na prova de vivacidade, o segurado é orientado pelo aplicativo Meu Gov.BR 

  • A centralizar o rosto > virar o rosto para a direita > fechar os olhos > sorrir > virar novamente o rosto e fazer a captura da biometria por meio de foto.

Já na prova de identidade, se a biometria do cidadão for do TSE, será preciso informar o número do título de eleitor e por outro lado caso a biometria seja do Denatran é necessário a data de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Dica extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por: Laís Oliveira