Um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas durante a pandemia causada pelo Coronavírus é como lidar com o distanciamento social no ambiente de trabalho.

Com os impactos da pandemia muitas empresas foram obrigadas a repensar suas atividades para que o funcionamento dos negócios não fosse comprometido. 

Diversos escritórios ficaram fechados durante meses para evitar a proliferação do vírus e a contaminação entre os colaboradores das empresas, de forma a garantir a segurança das equipes e o bem estar da população como um todo.

Muitas equipes foram realocadas para o regime de home office, no qual passaram a exercer suas atividades diárias de casa, comunicando-se com outros membros da equipe e gestores através de ferramentas de comunicação digital.

Com o passar dos meses, as medidas de proteção adotadas nos estados brasileiros, como a quarentena, por exemplo, passaram a ser flexibilizadas e muitos  negócios estão voltando a funcionar gradativamente.

Apesar da reabertura de várias empresas, as equipes que estão retornando ao trabalho presencial precisam se adaptar a uma nova realidade trazida pelo distanciamento social: muitos escritórios já estão repensando e reorganizando seus espaços de trabalho para torná-los seguros e evitar o contágio da doença entre os funcionários, de forma a garantir que a empresa está seguindo os protocolos sanitários adequados.

Alguns ambientes de trabalho terão seus layouts remodelados para acomodar os colaboradores de maneira a respeitar o distanciamento social, com estações de trabalho distantes umas das outras ou até mesmo com um escritório repensado para acomodar uma menor quantidade de funcionários, por exemplo.

Mas como é possível promover o distanciamento social no ambiente de trabalho?

Quais são as estratégias recomendadas pelos órgãos competentes?

Quais são as regras para a reabertura das empresas diante da flexibilização da quarentena?

E qual é a real importância de tais cuidados no ambiente de trabalho?

Com o intuito de trazer as principais informações sobre novidades do Departamento Pessoal, inclusive nesse período de pandemia, a mywork elaborou este novo artigo com os principais pontos a respeito do distanciamento social no ambiente de trabalho para que você entenda a importância deste processo e saiba quais estratégias podem ser adotadas em sua empresa.

Continue a leitura para saber mais!

Qual a importância do distanciamento social no ambiente de trabalho?

Muitos negócios não interromperam suas atividades durante o período da quarentena, como, por exemplo:

  • Serviços essenciais (água, luz, gás);
  • Consultórios médicos e odontológicos;
  • Supermercados;
  • Bancos e lotéricas;
  • Farmácias
  • Restaurantes e lanchonetes (com delivery);
  • Assistências técnicas;
  • Clínicas veterinárias e pet shops.

No entanto, várias empresas precisaram interromper as atividades ou reduzir suas atividades durante o período da pandemia, principalmente por conta dos decretos de quarentena nos estados brasileiros.

Porém, com a retomada gradual das atividades comerciais no país, os ambientes de trabalho de todos cantos do país precisam se adaptar às condições sanitárias para a retomada dos negócios.

Escritórios de todos os tamanhos e comércios dos mais variados tipos devem considerar novas estratégias para proteger a saúde de seus clientes, colaboradores e assim, consequentemente, proteger a comunidade.

Mesmo com a reabertura dos negócios, a circulação do vírus ainda não foi interrompida, o que exige uma reestruturação de formas de socialização e trabalho nas empresas.

A Organização Mundial da Saúde elaborou uma série de recomendações de higiene no início da pandemia e o Ministério da Economia, com a reabertura das atividades comerciais no Brasil, estabeleceu uma série de recomendações de segurança e higiene para empresas e trabalhadores cujas atividades comerciais estejam funcionando.

Quais pontos de atenção devem ser observados antes de elaborar estratégias para manter a segurança no ambiente de trabalho?

Promover o distanciamento social no ambiente de trabalho é, sem dúvidas, um dos maiores desafios para os negócios que retomaram as atividade presenciais.

Escritórios, centros de saúde, centros comerciais, restaurantes, bares e outros empreendimentos devem seguir os protocolos sanitários indicados pelo governo e pelas autoridades de saúde, de forma a preservar tanto a saúde das equipes quando o bom andamento das atividades.

Os profissionais responsáveis pelo gerenciamento do ambiente de trabalho devem prestar atenção aos diversos pontos que reunimos a seguir no momento de elaborar estratégias para a manutenção da segurança e higiene no ambiente de trabalho.

Os pontos de atenção são:

  • A classificação dos riscos aos colaboradores de acordo com o local de trabalho (que são elaboradas pelas mesmas equipes que estabelecem o PCMSO);
  • Os pontos que oferecem risco de contaminação pela Covid-19 no ambiente de trabalho (tais como portas de entrada, mesas compartilhadas, banheiros, etc);
  • Criação de regras de comportamento para que todos os colaboradores trabalhem e ajam com segurança durante a jornada de trabalho;
  • As medidas necessárias para que o ambiente de trabalho adquira um selo de “Escritório + Seguro”;
  • As melhores práticas e recomendações dos órgãos de saúde competentes no Brasil e no mundo para diminuir os riscos de contrair a doença.
  • Possibilidade de reestruturação do espaço físico do ambiente de trabalho de forma a garantir o distanciamento adequado entre os colaboradores.

E quais estratégias podem ser adotadas para garantir o distanciamento social no ambiente de trabalho?

Com a volta às atividades presenciais nas empresas, é claro que os profissionais que formam o quadro de funcionários da organização estarão mais expostos a riscos.

pandemia

No entanto, isso não é motivo para pânico!

Existem diversas estratégias recomendadas por órgãos de saúde que podem ser adotadas no ambiente de trabalho para garantir a segurança dos funcionários.

Abaixo, reunimos algumas das principais estratégias que vêm sendo adotadas por empresas brasileiras e internacionais para promover a segurança no trabalho durante o período de pandemia.

Escalas de funcionários: 

Promover um esquema de trabalho por escalas é uma boa solução para evitar aglomerações no ambiente de trabalho, principalmente em situações em que a empresa conta com uma grande quantidade de colaboradores ou quando o escritório é pequeno.

Essa estratégia visa o distanciamento social e vem sendo adotada por várias empresas que optaram por adotar um regime de trabalho híbrido e flexível, com dias de trabalho presencial e outros dias de home office.

Trabalho remoto: 

Sim, o trabalho remoto ou, como é mais conhecido, home office, é uma das soluções que foram adotadas por milhares de empresas ao redor do mundo, inclusive no Brasil.

Caso a empresa tenha possibilidade de adotar o trabalho remoto como alternativa ao trabalho presencial, a diminuição do risco de contágio é imensa, pois isso evita que os colaboradores estejam expostos ao contágio do vírus.

Essa também é uma oportunidade que as empresas têm em economizar com recursos no ambiente de trabalho, como água, luz e telefone, por exemplo.

Uso obrigatório de máscara: 

Independente do setor, todos os funcionários da empresa devem utilizar máscaras durante todo o expediente no escritório, para evitar o contágio entre as equipes.

Muitas empresas estão, inclusive, distribuindo kits contendo um conjunto de máscaras e álcool gel para seus colaboradores.

No caso de estabelecimentos comerciais, os funcionários também devem utilizar máscara durante o expediente e os clientes devem ser orientados a respeito da obrigatoriedade da mesma.

Investimento em limpeza: 

As companhias, no geral, vêm investindo mais recursos em limpeza e procedimentos de higienização do ambiente de trabalho e outras instalações.

Além disso, muitas delas estão disponibilizando grandes quantidades de álcool gel e desinfetantes em suas dependências para garantir a correta sanitização de mãos, sapatos, máscaras e objetos pessoais dos colaboradores.

Sistemas de rastreamento de sintomas: 

Muitas empresas vêm adotando medidas para rastrear sintomas de uma possível contaminação, como, por exemplo, a medição de temperatura corporal na entrada da empresa ou do centro comercial.

Essa medição é feita majoritariamente por termômetros digitais que não necessitam de contato físico para a captação da temperatura corporal.

Além disso, muitas empresas estão implementando formulários eletrônicos para que os funcionários possam reportar sintomas da doença ou contato com outras pessoas que testaram positivo para Covid-19 e, assim, receberem as devidas orientações para o tratamento.

Adiamento de eventos: 

Numa situação delicada que envolve a saúde pública, a recomendação dos órgãos competentes é que eventos presenciais de grande porte sejam adiados ou cancelados, pois aglomerações com mais de dez indivíduos aumentam o risco de contaminação pelo vírus e, assim, não são recomendadas.

Diminuição do fluxo de clientes: 

O distanciamento social também pode ser implementado com a redução do fluxo de clientes.

Muitos estabelecimentos comerciais adotaram essa estratégia no início da pandemia para que fosse possível manter o funcionamento das atividades.

Centenas de salões de beleza, por exemplo, passaram a trabalhar apenas com esquema de agendamento de horários, nos quais os clientes são recebidos em horários pré-agendados e sozinhos, de forma a evitar o contato com outros clientes.

Os profissionais, dessa forma, só têm contato com um cliente por vez e podem realizar todos os procedimentos de limpeza do local de trabalho e seus equipamentos entre um atendimento e outro.

O mesmo vale para padarias e supermercados, que podem limitar a quantidade de clientes que adentram o local ao mesmo tempo, para reduzir a quantidade de pessoas em circulação.

Aposte em soluções que exijam o mínimo de contato: 

Caso seja impossível estabelecer o trabalho a distância para as equipes, como é o caso de restaurantes e bares, por exemplo, uma alternativa que vem sendo muito adotada é o esquema de delivery, no qual os estabelecimentos realizam apenas entregas ou retiradas.

Muitos restaurantes ao redor do mundo estão realizando esse tipo de serviço, no qual realizam entregas e preparam a comida para retirada, mas sem permitir que os clientes consumam no local.

Há uma tendência de que outros negócios passem a atuar de maneira semelhante.

No entanto, para os negócios que optam por atender os clientes presencialmente, as recomendações são para que se mantenha um distanciamento de 2 metros entre mesas em bares e restaurantes e de, no mínimo, 1,5 metros entre cada os clientes.

Além disso, uma medida que vem sendo adotada por muitos estabelecimentos é a instalação de barreiras e proteções plásticas entre mesas, balcões e outras instalações físicas, de forma a assegurar o distanciamento social.

Considerações finais

Embora os impactos da pandemia tenham alterado estruturas sólidas que já eram conhecidas no mercado, as soluções encontradas por profissionais e empresas ao redor de todo mundo apenas nos mostram a capacidade de adaptação e superação de obstáculos de cada um.

Empresas que atuam para promover a segurança dos trabalhadores sem dúvida estão investindo da maneira correta em um dos principais elementos de sucesso de um negócio, que é o capital humano.

Entre as formas de promover a segurança dos trabalhadores, bem como garantir que seus direitos trabalhistas estejam sendo cumpridos independente do regime de trabalho adotado durante o distanciamento social, você pode contar com as soluções da mywork.

A mywork é um sistema especializado em controle de ponto online e gestão de Departamento Pessoal através do qual você pode acompanhar a jornada de trabalho de seus colaboradores, bem como o banco de horas e os pontos registrados de cada um.

Além disso, você pode fazer todo o tratamento de ponto dos funcionários, realizando abonos, registrando faltas e férias de cada um.

Você pode testar o sistema de controle de ponto online da mywork gratuitamente durante 15 dias!

Clique aqui e faça seu cadastro para começar o teste!

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

O Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Por: Beatriz Candido Di Paolo

Fonte: My Work