Como melhorar o fluxo financeiro em meio à pandemia

0

Com a chegada do Coronavírus no Brasil, o que acarretou o isolamento social, muitas empresas ficaram preocupadas com o financeiro e tiveram que se replanejar para enfrentar o momento.

Gisele Machioski, Contadora, dá sete dicas importantes para que estas empresas melhorem o fluxo financeiro no momento de crise.

Corte os custos:

Corte custos não essenciais, talvez seja necessário que você limite a sua atuação, para que os custos, consequentemente, diminuam.

Pare de vender o que não dá margem:

Alguns produtos são mais rentáveis que outros, interrompa o que não dá margem e foque naqueles produtos que dão mais resultado.

Interrompa os investimentos não urgentes:

Este acaba por não ser o momento de expandir e investir em ativos que não são urgentes, esses recursos podem ser necessários para dar liquidez ou capital de giro no cenário que vem pela frente.

Renegocie com o fornecedor:

Tanto com os fornecedores que estão em dia, quanto aqueles que estão em atraso, é necessário renegociar, esta é a hora de todos estarem alinhados.

Baixe o custo fixo da empresa:

Se for possível, venda máquinas e veículos que estão ociosos, por exemplo, reduzir estes custos pode dar um fôlego nos próximos meses.

Financeiro

Inove, acima de tudo:

Se adapte ao seu consumidor, monte um sistema de entregas exclusivo, utilize as mídias sociais, ofereça opções diferenciadas na hora de pagar, assim, gere um bom relacionamento com o cliente para que ele volte a comprar com você após este momento.

Faça parcerias:

Não tente sobreviver sozinho, faça parcerias, inclusive e principalmente com o concorrente.

Talvez você tenha um produto que não dá margem de lucro, passe para o concorrente o que não for interessante para você, faça acordos e permutas de comissões por exemplo.

Juntos e unidos, atravessaremos essa crise.