Como obter um aporte de capital? Nós explicamos aqui

0

Ao administrar uma empresa, muitas vezes os gestores se deparam com a necessidade de conseguir um aporte de capital.

Do mesmo modo, isso pode surgir como uma oportunidade para os investidores fazerem novas aplicações financeiras.

Basicamente, o aporte de capital significa a contribuição recebida pela empresa para conseguir investir em um objetivo específico.

Isso acontece após os gestores procurarem oportunidades para conseguir receber os valores.

Neste artigo, você entenderá como funciona esse aporte, quais são os benefícios e como conseguir.

Acompanhe!

Como funciona o aporte de capital?

O funcionamento do aporte de capital não segue o mesmo padrão em todas as situações. Na verdade, isso dependerá da fase da empresa, do tipo de aporte e de outros detalhes específicos.

Porém, é possível identificar três tipos de investimentos, conforme a fase em que a empresa se encontra.

Entenda a seguir:

Fase inicial

Esse tipo de investimento é feito em empresas que ainda estão no início das atividades ou, até mesmo, que ainda não saíram do papel.

Aqui, o mais comum é buscar aportes de investidores-anjos.

Fase de maturação

Outra opção de aporte é a venture capital, voltada a empresas que já estão em desenvolvimento, com um faturamento considerável e potencial para crescer.

Bastante comum para empresas novas e startups.

Fase final

Já as grandes empresas, que já contam com tempo de mercado e estão mais consolidadas, costumam buscar o aporte por meio de private equity.

Nesse caso, é feita uma fusão entre empresas para maximizar o potencial. 

Quais são os benefícios que ele proporciona?

O principal benefício do aporte de capital para a empresa é a oportunidade para realizar os investimentos necessários.

De maneira geral, esse objetivo está relacionado ao potencial de ganho que as estratégias delineadas trazem.

Então, quando a empresa consegue um aporte e investe, ela viabiliza os planos que antes não eram possíveis. 

Para os investidores, o benefício é ter a oportunidade de obter participações em empresas com potencial de crescimento e, consequentemente, garantir melhores rendimentos.

No entanto, é sempre importante frisar que essa é uma prática que também traz riscos, então vale a pena considerar o seu perfil de investidor e os objetivos financeiros antes de decidir por essa opção. 

Como conseguir aporte de capital?

Se a sua empresa precisa de um aporte de capital, mas não sabe por onde começar ou como encontrar oportunidades, precisa entender algumas práticas que vão ajudar nessa tarefa.

A seguir, confira as dicas que separamos. 

Mantenha a contabilidade em dia

Como está a contabilidade do seu negócio? Além ser necessária para garantir a regularidade do negócio e o cumprimento de todas as obrigações, ela traz impactos na busca de aportes financeiros, especialmente quando buscados com investidores. 

Por isso, antes de começar a busca por aportes, faça um diagnóstico do setor de contabilidade e outras áreas da empresa que possam ter pendências.

É essencial que tudo esteja regularizado para demonstrar a seriedade da companhia, além de evitar riscos financeiros. 

Além disso, é comum que as demonstrações contábeis precisem contar com o parecer de uma auditoria independente.

O objetivo é comprovar que as informações apresentadas são idôneas. 

Tenha um plano de negócios

Outro ponto importante é ter um plano de negócios bem estruturado, que demonstre os resultados atuais, os investimentos pretendidos e o possível retorno.

Tudo isso deve ser feito abordando metas realistas e dados obtidos com pesquisas, refletindo a realidade do mercado. 

Antes de investir na sua empresa, os investidores precisam ter acesso a informações completas para avaliar o potencial de rendimento, os riscos do negócio e as possibilidades.

Um dos pontos fundamentais é o detalhamento sobre como o aporte será aplicado.

Inclusive, esse é o planejamento que deve ser seguido caso consiga o aporte.

Com tudo delineado, fica mais fácil manter o alinhamento com os objetivos da empresa.

A prática também previne problemas, já que a falta de organização pode fazer com que os valores sejam utilizados de maneira diversa.

Crie relacionamentos antes da captação

O conceito de networking já é bastante conhecido: ele trata da criação de uma rede de contatos com os quais você desenvolve um relacionamento.

O foco é profissional, então traz troca de experiência e insights, parcerias e outras oportunidades. 

Assim, ter uma rede de relacionamentos que envolva possíveis investidores pode ajudar a conseguir os aportes.

Isso deve ser feito antes mesmo de iniciar a captação de fundos, para evitar que a empresa fique em uma posição desfavorável.

Quando os investidores, instituições e outros meios de conseguir aporte já têm um relacionamento e conhecimento sobre o negócio, fica mais fácil fazer a abordagem, facilitando a busca pelas melhores oportunidades. 

Saiba usar o poder de convencimento

É bastante comum precisar fazer apresentações para potenciais investidores, a fim de explicar como será aplicado o valor e o potencial.

Ela é feita com base no plano de negócios, mas exige preparo para conseguir apresentar os dados de forma persuasiva.

Diante disso, é importante estudar todas as informações e desenvolver a argumentação, a fim de aumentar o poder de convencimento.

Treine o discurso, antecipe possíveis dúvidas e prepare as respostas.

Tudo isso ajudará a criar uma apresentação mais atrativa e com mais chances de atrair o investimento.

No entanto, não se esqueça de que isso deve ser feito com transparência: o convencimento deve ser feito com base em dados reais.

Tenha atenção ao histórico financeiro

Antes de analisar a viabilidade de fazer aportes em uma empresa, os investidores e instituições financeiras avaliam o histórico do negócio.

Essa etapa serve para avaliar os riscos e, para quem investe, o potencial de ganho.

Por causa disso, é essencial ter atenção a isso, especialmente no que tange às pendências financeiras.

Se a empresa não cumpre as suas obrigações, tem uma má reputação ou outros problemas no mercado, a busca por aportes de capital vira um desafio ainda maior. 

Avalie as linhas de crédito do mercado

Outra opção para conseguir aporte de capital são as linhas de crédito voltadas para as empresas.

São várias alternativas no mercado, o que exige uma avaliação detalhada para entender as condições e os diferenciais de cada uma. 

Nesse caso, é preciso ter atenção especial aos riscos envolvidos.

É comum que as operações tenham altas taxas de juros, então os gestores precisam calcular o potencial de lucro para verificar se ele será superior aos custos do empréstimo.

É por isso que a busca por investidores no Brasil e no exterior costuma ser a estratégia mais procurada para isso. 

Por fim, se buscar aportes com origem no exterior, não se esqueça de pensar em como receber o dinheiro do exterior.

Nesse cenário, você pode contar com a Remessa Online.

A plataforma faz transações internacionais com taxas reduzidas — apenas 1,3% por transação e IOF de 0,38%.

Dessa maneira, é possível reduzir os custos envolvidos com as transferências e potencializar os valores recebidos. 

Como foi possível perceber, o aporte de capital é uma medida importante para as empresas, mas precisa ser bem planejado para ter sucesso na busca pelos investimentos.

Portanto, mantenha sempre um bom planejamento empresarial e os documentos em dia para facilitar essa busca.

O post esclareceu suas dúvidas? Caso tenha se interessado pelas soluções da Remessa Online para receber aportes do exterior, acesse o site e conheça mais sobre a plataforma!