Como se inscrever no Cadastro Único para receber o Auxílio Brasil?

Para se inscrever no Cadastro Único para ter direito ao Auxílio Brasil, será necessário realizar o registro presencialmente num Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)

O Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é a porta de entrada para você receber o Auxílio Brasil. As pessoas que não estiverem inscritas não terão acesso ao benefício.

Exigências para ter direito ao Auxílio Brasil

Estar com cadastro atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico)

Viver em situação de extrema pobreza com renda familiar mensal de até R$ 105 por pessoa

For de família pobre com renda familiar mensal de no máximo R$ 210, desde que a família seja composta por gestantes, mães amamentando ou menores de 21 anos com educação básica completa ou cursando.

Para manter o benefício será necessário que as famílias atendam aos seguintes requisitos:

Realização do pré-natal caso a família beneficiada tenha uma ou mais gestantes;

Cumprimento do calendário nacional de vacinação e ao acompanhamento do estado nutricional de todas as crianças e adolescentes do núcleo familiar;

Frequência escolar mínima.

Sendo assim, é necessário que a família esteja em situação de extrema pobreza com renda mensal de até R$ 100 por pessoa; ou estar em situação de pobreza com renda mensal entre R$ 100,01 até R$ 200 por pessoa.

Quem se encaixa nos requisitos, mas não está inscrito deve procurar o responsável pelo programa na prefeitura da sua cidade.

Como se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico)?

Para se inscrever no Cadastro Único para ter direito ao Auxílio Brasil, será necessário realizar o registro presencialmente num Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Esses postos de atendimento costumam ficar nas prefeituras municipais. No local, o Responsável Familiar (RF) deve apresentar:

  • CPF ou Título de Eleitor do RF; e
  • Documento de identificação de todos os membros da família (certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, RG, carteira de trabalho ou título de eleitor).
  • Também levar comprovante de endereço e comprovante de matrícula de crianças e jovens.

Calendário do Auxílio Brasil em junho de 2022

O calendário de pagamento foi liberado no dia 17 e segue até o dia 30 de junho. O valor médio pago é de R$ 400, podendo ser elevado com os benefícios complementares.

As transferências do Auxílio Brasil acontecem mensalmente nos 10 últimos dias úteis, considerando o dígito final do NIS (Número de Identificação Social).

NIS com final 1 – 17/6
NIS com final 2 – 20/6
NIS com final 3 – 21/6
NIS com final 4 – 22/6
NIS com final 5 – 23/6
NIS com final 6 – 24/6
NIS com final 7 – 27/6
NIS com final 8 – 28/6
NIS com final 9 – 29/6
NIS com final 0 – 30/6

De acordo com as regras do programa, você tem um prazo de 120 dias para realizar o saque em espécie, utilizando o Cartão Cidadão ou o cartão do antigo Bolsa Família. Aqueles que preferirem podem movimentar o Auxílio Brasil por meio do Caixa Tem.

Comentários estão fechados.