Comparador de Preços do Google: Entenda como vai funcionar esse novo recurso da plataforma

0

No mês da Black Friday, o Google anuncia a chegada do seu comparador de preços no Brasil, presente na área Shopping da plataforma.

O recurso, que já era utilizado em outros países, promete ajudar os usuários a encontrarem os valores mais baixos com uma simples pesquisa.

A nova ferramenta teve seu anúncio de implementação em uma data estratégica.

O próprio Google havia realizado uma pesquisa (com a consultoria Provokers), que mostrou que 62% dos brasileiros pretendem pesquisar e comprar na Black Friday, fazendo com que o comparador de preços fosse adequado para o momento.

O hábito de pesquisar é bastante comum entre os consumidores do país, mas até então, plataformas como Zoom e Buscapé eram as grandes aliadas na hora de fazer pesquisas.

Com o recurso do Google, esse panorama tem tudo para mudar.

Novo recurso do Google Shopping

O comparador de preços passa a fazer parte do Google Shopping, uma área da plataforma onde o consumidor, ao pesquisar um produto, encontra diferentes opções de lojas. Ao clicar em um link, o Google direciona o usuário para o e-commerce.

Apesar disso, não havia uma ferramenta capaz de apresentar os menores preços.

Cabia ao usuário, entre dezenas de resultados, conferir aquele que melhor se adequasse ao seu orçamento.

Ao oferecer o comparador de preços, dentro de uma área conhecida por aqueles que gostam das compras online como o Google Shopping, a plataforma dá mais praticidade e segurança na pesquisa de preços.

Mas como vai funcionar o comparador de preços do Google?

O comparador de preços do Google tem como principal objetivo apresentar informações para os usuários, que vão desde comparações entre lojas, até a média dos valores na internet.

Para utilizar o comparador de preços, basta acessar o Google Shopping e fazer uma busca pelo produto.

A primeira seleção apresenta os preços praticados pelas principais lojas e, com uma visualização rápida, você já consegue saber qual o e-commerce possui o melhor preço.

Ao clicar no link de seu interesse, o Google direciona a busca para a página do lojista, para que você busque mais informações e feche o seu pedido.

Vantagem de utilizar o comparador de preços do Google Shopping

Quem já está acostumado a utilizar o Zoom ou o Buscapé deve estar se perguntando por que é uma boa ideia migrar para o comparador de preços do Google Shopping.

Apesar da questão envolver o gosto pessoal de cada consumidor, é inegável que o Google é o maior buscador web que existe.

Assim, o comparador de preços consegue fazer uma varredura muito maior na rede e apresentar ao usuário.

Além disso, existem outros recursos interessantes no Google Shopping.

Designed by Flamingo Images / shutterstock
Designed by Flamingo Images / shutterstock

Os filtros, por exemplo, permitem uma busca personalizada, que vão desde o local geográfico em que o consumidor está, até detalhes como características do produto.

Outro recurso interessante é o sistema de alertas de ofertas.

Se você estiver procurando determinado produto, mas sem pressa para fazer o pedido, pode ativar notificações para ofertas futuras, para saber quando o item atingir o preço desejado.

Por fim, a praticidade do Google Shopping é um ponto positivo.

A maioria das pessoas utilizam o site como fonte de informação.

Assim, é bastante confortável saber que na mesma plataforma você pode encontrar produtos, preços e ser direcionado para as compras.

Outras boas maneiras de economizar nas compras online na Black Friday

Os sites comparadores de preços já são velhos conhecidos dos consumidores brasileiros, especialmente daqueles que estão sempre em busca de uma boa economia.

E apesar de ser um dos melhores métodos para economizar, existem outros recursos que o consumidor pode utilizar para conseguir pagar menos em suas compras.

Além do comparador de preços do Google, confira a seguir outras 5 formas de economizar nas compras online na Black Friday:

1.  Utilize cupons de desconto: Os vouchers promocionais são códigos capazes de reduzir o saldo final de uma compra que as próprias lojas oferecem para os consumidores, como incentivo de venda.

Na verdade, várias marcas já estão disponibilizando cupons de desconto para a Black Friday para quem quer pagar menos.

2.  Cadastre seu e-mail para receber ofertas: Tem alguma loja que você gosta muito de comprar? Cadastre seu e-mail para receber os newsletters da marca e sempre saber quando há uma promoção em andamento.

3.  Opte por lojas com frete gratuito: Muitas vezes, um produto com preço acessível acaba ficando caro por conta do custo de transporte.

Para garantir a economia, busque sempre por lojas que oferecem o frete grátis.

4.  Escolha métodos de pagamento que dão desconto: Alguns e-commerces dão descontos especiais para os consumidores que optarem por determinados métodos de pagamento.

Essa pode ser uma forma fácil de economizar até 20% na sua compra.

5.  Aproveite a Black Friday: A Black Friday é uma data que tanto os lojistas quanto os consumidores brasileiros esperam.

Por isso, aproveite o momento para encher o carrinho pagando menos!

Agora que você já conhece este novo recurso do Google, poderá utilizá-lo para encontrar as melhores ofertas nesta Black Friday e economizar para às comrpas do natal.

Por William Mendes