De todos os concursos abertos, o concurso da Polícia Rodoviária Federal foi um dos concursos previstos 2018 mais procurados e também agora entre os concursos previstos 2019.

Agora você tem a felicidade de saber tudo sobre o novo concurso polícia rodoviaria federal.

É verdade que muitas pessoas estão ansiosas pelo concurso polícia rodoviária federal e nós trouxemos novidades fresquinhas sobre o concurso prf.

Quer saber mais sobre o concurso policia rodoviaria federal 2018 e 2019?

Sobre o edital policia rodoviaria federal

A espera acabou. Foi publicado nesta quarta-feira, 28 de novembro, o edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal. São ofertadas 500 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, que exige formação em nível superior e remuneração salarial de quase R$ 10 mil, e jornada de 40 horas semanais.

O edital foi publicado no Diário Oficial da União, mas você encontra todas as informações sobre o concurso nesta página. O documento já pode ser consultado no site da banca organizadora, Cespe/Cebraspe, que já criou ontem a página para receber os comunicados sobre o concurso.

Com a publicação do edital as inscrições para o concurso ficam abertas entre os dias 3 de dezembro e 15 de dezembro no site da banca organizadora, o Cespe/Cebraspe.

A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2019, no turno da tarde.

Data do Concurso Polícia rodoviária federal 2019

  • Data da Prova: 03 de fevereiro de 2019
  • Salário: R$ 9.473,57

Conheça o programa: “Desafio 28 Dias: Você Aprovado!” e passe em qualquer concurso publico! 

Vagas, atribuições e subsídio concurso prf

São 500 vagas distribuídas em todo o Brasil, sendo 367 vagas de ampla concorrência, 100 vagas para candidatos negros e 33 vagas para candidatos com deficiência.

O Policial Rodoviário é responsável por realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

Inscrição do concurso prf 2019

Poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição os candidatos membros de família de baixa renda, de acordo com a legislação vigente, desde que inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e os doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Para os demais:

  • Inscrições: 03/12/18 a 18/12/18
  • Taxa: R$ 150,00

Requisitos do cargo para concurso da Policial Rodoviário Federal

Para concorrer ao cargo de Policial Rodoviário Federal é necessário possuir graduação de nível superior em qualquer área de formação e CNH na categoria B.

Além dessas exigências, há as seguintes: ser aprovado em todas as fases; ter nacionalidade brasileira ou portuguesa (amparado pela legislação federal); estar em gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares para os candidatos do sexo masculino; estar quite com as obrigações eleitorais; idade mínima de 18 anos; aptidão física e mental.

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Requisitos necessários para concorrer a uma das vagas PRF:

– Nível superior em qualquer área de formação

– Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”.

– Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse

– Não há idade máxima estabelecida.

– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo

Conheça o programa: “Desafio 28 Dias: Você Aprovado!” e passe em qualquer concurso publico! 

Funções para quem passar no concurso da PRF 2019

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

O concurso prf 2019 nivel médio não foi aprovado, sendo que todas as vagas são para quem possui titulação em ensino superior.

Quantidade de vaga para o Concurso da Polícia Rodoviária Federal

Concurso PRF: etapas e provas para ingresso na carreira

O concurso PRF será composto por duas etapas, sendo a primeira etapa composta por:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de capacidade física;
  • Avaliações de saúde;
  • Avaliação psicológica;
  • Prova de títulos;
  • Investigação social;

 

A segunda etapa será o curso de formação profissional de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal e do Cebraspe.

A primeira fase do concurso PRF é composta por prova objetiva com 120 questões em que serão tratados os conteúdos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático, Informática, Noções de Física, Ética no Serviço Público, Geopolítica Brasileira, História da PRF, Legislação de Trânsito, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania.

Serão 120 questões do tipo CERTO ou ERRADO, divididas em 3 blocos, de caráter eliminatório e classificatório. A prova terá duração máxima de 4h30min.

Além disso, os candidatos responderão a uma prova dissertativa, que deve ser aplicada no mesmo dia e horário da prova objetiva. Os candidatos deverão versar sobre tema proposto em no máximo 30 linhas.

Serão classificados na prova objetiva os candidatos aprovados que alcançarem as colocações, para cada UF, conforme o quadro abaixo:

A segunda fase é a prova discursiva em que os candidatos serão submetidos a duas avaliações: uma avaliação de conteúdo e uma avaliação do domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

No exame de capacidade física os candidatos serão submetidos a testes de flexão em barra fixa, de impulsão horizontal, de flexão abdominal e de corrida de 12 minutos.

Exame de Capacidade Física (TAF)

  • Flexão em Barra Fixa
  • Impulsão Horizontal – Salto
  • Flexão Abdominal
  • Corrida – 12 minutos
  • Cabe recurso nos dois dias seguintes ao resultado

Obs: No último concurso foram convocados 4 vezes o número de vagas (isto é, os 4.000 candidatos melhor classificados nas provas escritas)

Último concurso PRF: concurso PRF 2018

O último concurso PRF para a carreira de policial rodoviário federal aconteceu em 2013 e ofertou 950 vagas imediatas e 50 para cadastro reserva. A seleção foi composta por prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva em que consistia em um texto dissertativo de 30 linhas, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e funcional, por fim, a avaliação de títulos.

Conheça o programa: “Desafio 28 Dias: Você Aprovado!” e passe em qualquer concurso publico! 

A prova de conhecimentos contou com conteúdo de Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Direito Constitucional, Ética no Serviço Público e Noções de Informática. Em conhecimentos específicos, os conteúdos foram de Noções de Direito Administrativo, Noções De Direito Penal, Noções De Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação Relativa ao DPRF e Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários.

Dicas sobre a CESPE/UnB (ou Cespe/Cebraspe):

A banca Cespe/UNB é uma das principais e mais famosas bancas organizadoras de concursos e também é umas das mais temidas pela maioria dos concurseiros.

E o que faz ela ser tão temida é principalmente o fato de que as provas dela fogem do padrão tradicional das outras bancas, em que as questões são de múltipla escolha, sendo que na Cespe, quase todas as provas trazem as questões no formato de “certo” ou “errado”.

Neste formato, o candidato passa a ter 50% de chance de acerto e erro – o que é bem mais do que os 20 ou 25% quando a prova é múltipla escolha.

Porém, o candidato perde a possibilidade de comparar opções de resposta e chutar por eliminação. Ele tem que, de fato, saber o conteúdo do exame.

Para cada alternativa de uma questão, o candidato precisa responder certo, errado ou, em caso de dúvida, pode deixar em branco.

E deixar em branco, aliás, pode ser uma boa opção, já que na prova do Cespe o candidato é penalizado, pois cada erro elimina um acerto.

O problema desse sistema de prova é que você pode tirar zero na prova, mesmo que tenha acertado muitas questões…

Isso porque se, por exemplo, você acertar 50 e errar 50 questões numa prova que vale 100, sua pontuação será 0.

E quando você não sabe a resposta a questão e deixa em branco, nenhum ponto é somado ou subtraído. Você deixará de pontuar, mas não perderá nenhum ponto já adquirido.

De acordo com a Cespe, a justificativa para o procedimento é selecionar o candidato com a melhor capacidade de analisar, interpretar e responder de acordo com o que aprendeu, punindo, de certa forma, o famoso “chute” ou a possibilidade de aprovação pela sorte.

Com relação ao conteúdo da prova, a Cespe valoriza interpretação e contextualização dos assuntos, seja na Direito ou no Português. Não é a “letra da lei” ou a gramática pura e simples. Na prática, isso significa que a famosa “decoreba” não funciona nas provas da Cespe, com suas questões mais complexas, multidisciplinares e com enunciados longos, que tornam a prova bastante cansativa de fato.

As provas de português da Cespe geralmente são bastante longas e cansativas.

Por isso, recomendo sempre que você deixe a prova de português para o final da prova, ou você correrá o risco de gastar todo o seu tempo de prova e toda a sua energia mental tentando resolvê-la e acabará ficando sem energia ou sem tempo para as demais provas.

DICA:

Para ir bem nas provas da Cespe, você precisa dominar o conteúdo, ter controle emocional e saber administrar o tempo…

Além disso, precisa estar bem informado, já que as provas da Cespe cobram muitos conteúdos de atualidades e jurisprudências.

Ao estudar para uma prova da Cespe/UNB, você precisa praticar muitos exercícios, estudar atualidades e as jurisprudências relativas aos temas de direito. Além disso, devem preparar o psicológico para ter certeza do seu conhecimento, pois geralmente não poderá chutar às questões, já que geralmente uma errada anula uma certa.

Conheça o programa: “Desafio 28 Dias: Você Aprovado!” e passe em qualquer concurso publico! 

* Cuidado com as PEGADINHAS!!! A Cespe gosta de eliminar candidatos desatentos. É muito comum ver questões praticamente corretas, com apenas uma palavra que altera todo o sentido. Um “não” ou “Sempre” ou “exclusivamente”. Todas essas palavras merecem a atenção do candidato! Desconfie!

* O Cespe costuma cobrar sempre os mesmos conteúdos e, normalmente, não cobra todos os itens do edital. Com isso, é fundamental que o candidato resolva o maior número de questões de provas anteriores para se familiarizar com os conteúdos e abordagens mais frequentes

 

Dicas extras para passar no concurso da PRF 2019

1 – Tenha foco e objetivo! Evite ideias dispersas e busque fazer sua vida realmente girar em torno do seu sonho. Para isso concentração e foco são essenciais.

2 – Crie um cronograma de estudos eficaz e otimizado! Existem diversas metodologias para se criar um plano de estudos. O ideal é que você encontre seu próprio método. Algumas perguntas podem ajudar na hora de criar seu cronograma, são elas: Qual é o melhor horário e local para que você tenha total concentração? Quantas horas você está determinado a estudar? Qual é o número de matérias que você precisa estudar e quanto tempo resta até a data da prova? Anote suas respostas e procure adaptá-las a sua rotina. A dica para facilitar a visualização das suas metas e horários, procure criar tabelas. Elas podem ser facilmente feitas no Word ou, se preferir, em uma cartolina colada na parede.

3 – Material de estudos! Na internet é possível encontrar uma grande quantidade de materiais para concursos públicos. Contudo, muitos deles estão desatualizados, o que certamente irá prejudicar sua preparação. O ideal é adquirir material de qualidade que esteja de acordo com os últimos editais publicados. Principalmente se tratando da disciplina de legislação, onde é comum haverem mudanças.

Saiba como passar no concurso da PRF

Conheça o programa: “Desafio 28 Dias: Você Aprovado!”. O Desafio 28 Dias: Você Aprovado, é um programa de treinamento para concursos públicos que tem por objetivo capacitar estudantes de concursos com todas as habilidades necessárias para que, em 28 dias (4 semanas), estejam totalmente aptos a estudarem com alta eficiência e dominando as técnicas de estudo corretas, para que finalmente possam estudar de forma adequada até que alcancem sua aprovação.

O Desafio 28 Dias é um programa de treinamento 100% prático com duração de 28 dias, no qual vamos ensinar o Método Mais Fácil e Garantido para Passar em Concursos Públicos em Até 1 Ano, Partindo do Zero, Mesmo que Você Seja Iniciante ou Tenha Pouco Tempo Para Estudar. Quer saber mais? Clique aqui e conheça agora mesmo o Desafio 28 dias

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.