A Polícia Rodoviária Federal está trabalhando para abrir um novo edital de concurso público (Concurso PRF 2021) que poderá sair em breve. 2.634 vagas foram solicitadas ao Ministério da Economia para abertura de um novo edital da PRF.

Segundo a PRF, o pedido foi enviado em 2019 sendo indeferido e foi necessário refazer uma nova solicitação. O pedido foi encaminhado em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Essas informações foram passadas ao site da Folha Dirigida.

A quantidade de vagas que serão distribuídas pelos cargos ainda não foram informados. Mas, existe a expectativa que o pedido de abertura do Concurso PRF 2021 seja feita para cargos de nível médio: Agente Administrativo e superior: Policial Rodoviário Federal, o mesmo pedido tinha sido feito anteriormente.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a proposta que foi enviada está prevendo a formação de três turmas, todas de Policial Rodoviário Federal. A formação desses alunos tem a previsão para acontecer em 2021 e 2022, como o provimento de cargos acontecendo a partir de janeiro de 2022.

O pedido em 2019

No ano de 2019, a Polícia Rodoviária Federal havia solicitado ao Ministério da Economia um novo pedido de concurso público (Concurso PRF) para preencher 4.435 vagas para cargos de níveis médio e superior.

Concurso PRF para 2021

A PRF está oferecendo salários que podem chegar até R$ 10.357,88 para nível superior e R$ 4.022,77 para nível médio.

Para você ingressar na carreira de Policial Rodoviário Federal, vai ser necessário ter nível superior (em qualquer área) e carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria B.

Os candidatos serão avaliados através de uma prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social, avaliação de títulos e cursos de formação profissional.

Tarefas

Para exercer as tarefas do Policial Rodoviário Federal vai depender da classe (divididas em quatro): Classe Especial; Primeira Classe; Segunda Classe; e Terceira Classe.

O salário para começar será de R$ 10.357,88 para carreira de policial rodoviário federal (em 2019). No valor já está incluído auxílio alimentação, que atualmente está em R$ 458.

O Policial de terceira classe vai ter a missão de realizar atividades de natureza policial envolvendo a fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional de Departamento de Polícia Rodoviária Federal, já o de segunda classe terá que efetuar atividades de natureza policial envolvendo a execução e controle administrativo e operacional das atividades inerentes ao cargo, além das atribuições da Terceira Classe.

Existe uma parceria da PRF com outras instituições, sendo elas: Ministério Público do Trabalho (MPT), Polícia Federal (PF), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Receita Federal, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) entre outros.

Concurso 2021 – composição

O concurso da Polícia Rodoviária Federal deverá ser composto por:

  • prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • exame de capacidade física, de caráter eliminatório,
  • avaliação de saúde, de caráter eliminatório;
  • avaliação psicológica, de caráter eliminatório;
  • avaliação de títulos, de caráter classificatório;
  • e investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PRF.

Levando em conta que o cargo de Agente Administrativo tem requisito de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio (referente ao antigo segundo grau), reconhecido pelo MEC.

O salário inicial será de R$ 4.270,77, no valor já está incluído o salário de R$ 3.812,77 e vale-alimentação de R$ 458.

Em 2014 aconteceu o último concurso nível médio da PRF, que foi organizado pela FUNCAB. Naquele momento, o certame contou com 216 vagas.

Expectativas do novo concurso da PRF

Os inscritos no novo concurso da PRF – Agente Administrativo tem a expectativa de que a avaliação seja por prova objetiva eliminatória e classificatória com questões de múltipla escolha das matérias de Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Raciocínio Lógico, Noções de Direito Constitucional e Administrativo, Noções de Arquivologia e Informática e Legislação Relativa à PRF. Entretanto, os aprovados na prova objetiva serão avaliados por Investigação Social, sendo uma etapa de caráter eliminatório.

Será de responsabilidade do Agente Administrativo executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, por meio de prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição. Serão de 40 horas a jornada de trabalho semanais.