O novo concurso público da Receita Federal está próximo! Recentemente, durante reunião realizada entre o Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal e a Coordenação–Geral de Gestão de Pessoas, foi sugerida a realização emergencial do novo certame da Receita Federal.

Um dos principais motivos é o déficit de 21.795 servidores, defasagem que compromete a prestação de serviços de administração tributária.

O pedido de novo concurso da Receita Federal segue em análise no Ministério do Planejamento. O documento já chegou à Divisão de Concursos Públicos do órgão e está sob análise.

Diante da situação precária em que se encontra o órgão, a expectativa é de que o novo edital seja divulgado ainda no primeiro semestre de 2018! Isso significa que agora é o momento ideal para dar início a sua preparação!

Como se preparar para o concurso Receita Federal?

Como o edital ainda não foi divulgado, o melhor caminho é estudar resolvendo as provas dos concursos anteriores.

Para os concurseiros que buscam as carreiras de Analista e Auditor da Receita Federal, a dica é se preparar estudando primeiro as matérias que são comuns a ambos os cargos.

Importante salientar que não existem matérias mais importantes que outras, é preciso estudar todas as disciplinas. A dica é dedicar mais tempo àquelas que possuem mais peso de pontuação, maior número de questões e principalmente as que se tem maior dificuldade.

Como será a Prova?

As informações a seguir são baseadas no concurso da Receita Federal de 2014. A prova foi dividida entre conhecimentos gerais e específicos, cada uma valendo 70 e 140 pontos, respectivamente.

Na primeira (conhecimentos gerais) as questões foram sobre as disciplinas de Português, Raciocínio lógico (saiba como estudar esta matéria com nossas dicas clicando aqui) e espanhol/inglês possuem sempre os mesmos requisitos de demais concursos.

É importante não ser eliminado em conhecimentos gerais, que trazem geralmente 10 questõespara cada matéria. O mínimo de acertos por disciplina, neste caso, é de 4 questões para cada uma delas.

Já a prova discursiva, composta pela organizadora ESAF, os candidatos tiveram que responder uma série de questões.

A banca costuma ter textos longos, que tomam muito tempo dos candidatos. Para terminar a prova no prazo, em geral, as questões devem ser respondidas em até dois minutos e meio.

As principais disciplinas cobradas na última prova foram Direito Tributário e Contabilidade geral e avançada. Importante dar atenção ao seguintes temas:

– Evolução dos modelos/paradigmas de gestão: a nova gestão pública;
– Governabilidade, governança e accountability;
– Qualidade na Administração Pública;
– Mensuração de desempenho e controle orçamentário;
– Elaboração, Gestão e Avaliação Anual do PPA;
– Modelo de gestão do PPA;
– Tipos de Constituição;
– Organização dos Poderes;
– O Poder Legislativo;
– A fiscalização contábil, financeira e orçamentária.
– Política de Segurança da Informação no âmbito da Receita Federal do Brasil.

Fonte:Nova Concursos

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.