Concurso: Receita Federal confirma pedido para 3.360 vagas

0

Um dos concursos mais concorridos deverá abrir um novo edital de concurso público – Concurso Receita Federal 2021.

A Receita confirmou que foi enviado ao Ministério da Economia um novo pedido para que seja autorizado o preenchimento de 3.360 vagas em diversos cargos.

A solicitação do Concurso 2021, segundo a Receita Federal, foi realizado dentro do prazo, que era de 31 de maio. O planejado é que o certame tenha recursos previstos no orçamento federal de 2021.

Terão oportunidades os candidatos de níveis médio e superior, com um salário inicial que poderá chegar até R$ 21.029,09.

auxilio emergencial

O pedido do concurso para áreas tributária e aduaneira visa o preenchimento de 2.050 vagas.

Foram 550 para a carreira de auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil e 1.500 para analista-tributário da Receita Federal do Brasil.

O candidato que for aprovado no cargo de Analista no concurso da Receita Federal 2021 irá receber um salário inicial de R$ 11.684, já os aprovados para o cargo de Auditor terá direito a um salário inicial de R$ 21.029,09.

Também serão oferecidas vagas para os cargos da área administrativa:

1.000 vagas para assistente técnico administrativo, 270 para analista técnico administrativo, 4 para arquiteto e 16 para engenheiros e 20 para contador.

Salários

O cargo de Assistente Técnico Administrativo, de nível médio, tem salário inicial de R$ 4.137,97. Já o cargo de Analista técnico administrativo, de nível superior, a remuneração inicial é de R$ 5.490,09.

Para arquitetos, engenheiros e contadores, todos com exigência de nível superior, os salários ainda serão confirmados.

Concurso Receita Federal 2021

Numa entrevista para o jornal O Dia do Rio de Janeiro, o secretário de gestão e desempenho de pessoal, Wagner Lenhart falou sobre a autorização de concursos federais, prevista na lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, onde destacou a prioridade para reposição de pessoal nas áreas Jurídica, de Tecnologia da Informação (TI) e de Receita.

Segundo o secretário, as contratações de servidores serão em casos excepcionais, em funções estratégicas. O secretário, vinculado ao Ministério da Economia, revelou que os demais cargos vagos serão substituídos por digitalização.

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse que, para equilibrar as contas da União, será necessária a revisão de gastos obrigatórios, como despesas com servidores. Além disso, é necessário estabelecer uma política de contratação do serviço público.

Sobre a Receita Federal

A Secretaria da Receita Federal do Brasil é um órgão específico, singular, subordinado ao Ministério da Fazenda, exercendo funções essenciais para que o Estado possa cumprir seus objetivos.

É responsável pela administração dos tributos de competência da União, inclusive os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior, abrangendo parte significativa das contribuições sociais do País.

Também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira, previne e combate a sonegação fiscal, o contrabando, o descaminho, a pirataria, a fraude comercial.

O órgão previne e combate o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos relacionados ao comércio internacional.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil