Tempo de Leitura: 3 minutos

A expectativa de realização do concurso da Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás (Concurso SEFAZ GO 2018) para o cargo de Auditor é grande. No momento, a pasta concluiu o projeto básico, documento que conta com detalhes importantes do edital, dentre eles, critérios para escolha da organizadora, vagas, período de inscrição, taxas, provas, conteúdos, entre outros. A esperança é que o edital de abertura seja divulgado entre o final e início do segundo semestre.

Cursos da área fiscal a partir de R$ 18,32 ao mês e sem juros? Clique aqui e conheça!

edital de concurso SEFAZ GO 2018 contará com 24 vagas, podendo chegar a até 28 oportunidades até a divulgação do concurso, de acordo com consta no projeto básico. Das vagas inicialmente previstas, 23 são para ampla concorrência e uma para candidatos com deficiência. O certame contará com prova objetiva e análise de títulos.

A Secretaria de Estado da Fazenda de Goiás divulgou no Diário Oficial do Estado do dia 14 de fevereiro, a comissão especial que será responsável pela elaboração do concurso para provimento do cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, Classe A, Padrão 1 do órgão.

O certame foi anunciado no último dia 25 de janeiro pelo superintendente executivo da receita, Adonídio Neto Viera Júnior. No dia 30 de janeiro, o concurso da SEFAZ/GO foi oficialmente autorizado. em consonância com o ato do secretário da Fazenda, Glaucus Moreira, o edital do concurso público está previsto para o primeiro semestre deste ano.

“O governador Marconi Perillo autorizou ontem (30/1) a Secretaria da Fazenda a adotar providências para a realização de concurso público para ingresso na carreira do fisco. A proposta de concurso foi feita pelo secretário João Furtado após obter autorização do Conselho Estadual de Políticas Salariais e Recursos Humanos (Consind) e da Junta de Programação Orçamentária e Financeira (Jupof)”, diz o texto publicado no site da Sefaz de Goiás.

O salário inicial do auditor fiscal em Goiás é de R$ 20.940,62. A lei permite à Secretaria realizar diretamente o concurso, o que será feito através da contratação de instituição a ser definida em breve. Para concorrer ao cargo de Auditor, o candidato deverá ter nível superior em qualquer área.

Anúncios

O Concurso SEFAZ GO 2018

A realização do certame já havia sido antecipada pelo superintendente executivo da receita, Adonídio Neto Viera Júnior, através do seu Facebook . “Depois de 14 anos, teremos um novo concurso para Auditor Fiscal da Receita Estadual, em Goiás. Foi aprovado hoje, dia 25 de janeiro de 2018, na Jupof (Junta de Programação Orçamentária) e recentemente pelo CONSIND (Conselho Estadual de Políticas Estaduais e Recursos Humanos), além do aval do Governador e do Secretário de Estado da Fazenda. Vamos fazer de tudo para que ocorra o mais breve. A princípio serão 28 vagas, mais cadastro de reserva! Renovação necessária para esta carreira típica de Estado, que perdeu 270 ativos desde o último concurso”, disse o superintendente.

A previsão é que em breve a seleção seja confirmada em publicação no Diário Oficial, para que seja formada a comissão do concurso. Entre as atribuições do cargo de Auditor da Secretaria estão executar tarefas de arrecadação de tributos estaduais, quando decorrentes da atividade de fiscalização em unidade fixa ou móvel; constituir o crédito tributário decorrente do exercício das correspondentes tarefas de fiscalização, entre outras.

Último Concurso

O último concurso foi realizado em 2004, quando foi divulgado pela Universidade Estadual de Goiás. Na época, as oportunidades foram destinadas aos cargos de Auditor Fiscal. Os candidatos realizaram provas objetivas, com 80 questões sobre Língua Portuguesa, Matemática Financeira, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo , Direito Tributário, Legislação Tributária Estadual, Contabilidade Geral e Auditoria.

Sobre a SEFAZ

Secretaria Estadual da Fazenda é a responsável por controlar a arrecadação de tributos estaduais, tendo a responsabilidade além disso, da receita e despesa do Estado. Além disso, o órgão tem papel de controlar a despesa e exercer a função de tesouraria das finanças estaduais.

Via Boa Informação