Confira 6 mitos e verdades sobre DAS MEI 

Uma das únicas e principais obrigações do Microempreendedor Individual (MEI), é o pagamento do DAS

O DAS é a maneira que o MEI, que é participante do regime tributário do Simples Nacional tem de pagar de impostos em um único documento, de maneira prática e rápida.

E o não pagamento da DAS gera penalidades que podem acontecer e comprometer o bom funcionamento e crescimento do negócio.

1- DAS MEI deve ser pagar todo mês

Verdade! Esse é um documento, com pagamento mensal, com o objetivo de facilitar o acesso do microempreendedor individual à previdência.

O pagamento desse imposto possibilita ao MEI continuar suas atividades e garantir o recebimento dos benefícios previdenciários e fiscais. 

Lembrando que o vencimento do boleto é no dia 20 de cada mês e se a data cair em um fim de semana ou feriado, ela fica para o dia útil seguinte.

2- A DAS tem um valor Fixo

Verdade! O valor da DAS é fixo variando de acordo com a atividade da empresa e com o faturamento.

Em 2022 os valores são:

– Empresas do Comércio ou Indústria:
   R$ 61,60 = (R$ 60,60 de INSS + R$ 1 de ICMS);

– Prestação de Serviços
   R$ 65,60 = (R$ 60,60 de INSS + R$ 5 de ISS);

– Comércio e Serviços
   R$ 66,60 = (R$ 60,60 de INSS + R$ 1 de ICMS + R$ 5 de ISS).

3- Não pagar a DAS NÃO leva o cancelamento do MEI

Mentira! O não pagamento da DAS MEI por 12 meses consecutivos, faz com que o registro do MEI seja cancelado automaticamente.

Vele lembrar que é obrigatório realizar o recolhimento todos os meses, mesmo que não haja faturamento ou emissão de nota fiscal.

E deixar de fazer a quitação dos documentos atrasados faz com que o microempreendedor tenha dívidas com o governo.

4- O pagamento da DAS trás vários direitos e benefícios

Verdade! Confira alguns deles:

  • Ter um CNPJ com custos menores;
  • Abrir uma conta jurídica;
  • Poderá emitir nota fiscal;
  • A taxa de tributos tem um custo mensal fixo – é o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional);
  • Acesso a serviços bancários como crédito;
  • Acesso gratuito ao apoio técnico do SEBRAE;
  • Garantia de aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade e, ainda, pensão familiar em caso de morte.
    • Salário-maternidade: 10 meses de contribuição;
    • Auxílio-doença: 12 meses de contribuição;
    • Auxílio-reclusão: 24 meses de contribuição;
    • Pensão por morte: 24 meses de contribuição;
    • Aposentadoria por invalidez: 12 meses de contribuição;
    • Aposentadoria por idade: 180 meses de contribuição.

5- Posso cancelar o MEI mesmo sem quitar o DAS em atraso

Verdade! Como foi dito, mesmo que não haja mais movimentação (emissão de notas fiscais) você deve pagar o DAS. 

Então você pode fechar o seu cadastro no MEI com os DAS em atraso. Porém é necessário pagá-los depois.

E ao cancelar sua inscrição MEI os débitos serão transferidos para seu CPF, com juros.

6- Posso pagar o DAS somente por débito automático

Mentira! Existem duas maneiras de pagar o DAS MEI, são elas:

  • Boleto para impressão: também é possível gerar o pdf do seu boleto MEI no aplicativo MEI Fácil, onde você pode enviar por e-mail e imprimir para pagamento em banco, lotéricas ou caixas eletrônicos
  • Débito automático: nesse caso, o pagamento deve ser cadastrado na conta corrente do titular do CNPJ MEI e feito diretamente pelo Portal do Simples Nacional.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.