Confira quais foram as categorias de consumo que mais cresceram no terceiro trimestre

0

Desde o início do ano, a economia mundial vem acompanhando as consequências da pandemia do novo coronavírus.

No terceiro trimestre percebeu-se um início na retomada econômica, com os testes pela vacina avançando e a aparente queda nos casos, na maioria dos países, trazendo um cenário mais positivo de controle a médio prazo.

Dados atualizados de uma das maiores Comunidades de Compras do mundo, a Cashback World, refletem o otimismo na retomada do consumo.

O levantamento, que leva em consideração os dados da plataforma nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, México e Colômbia, revelou que o volume de transações online na plataforma cresceu 20% no comparativo do terceiro semestre de 2020 com o segundo.

Contudo, no final do terceiro trimestre começaram os indícios de uma segunda onda da doença na Europa, com o consequente estreitamento das medidas restritivas de circulação, impactando diretamente no consumo e na economia, deixando o cenário incerto novamente.

“O cenário tem se mostrado bastante volátil, mas é certo que o comportamento de consumo online deixou de ser esporádico e virou uma realidade irreversível.

O conceito do consumo inteligente acompanhou essa movimentação e caiu no gosto da população, que agora tem o hábito de buscar por mais vantagens e benefícios, como o Cashback, antes de efetuar suas compras”, destaca Roberto Freire, CEO Américas da myWorld– operadora da Cashback World no Brasil.

Segundo o levantamento que compara os resultados do terceiro trimestre deste ano frente ao segundo, nas Américas, as categorias de maior destaque em volume de transação na plataforma, foram: Computadores & Softwares (130%), Eletrônicos (125%) e Roupas & Acessórios (103%).

Em compensação, as categorias que apresentaram as maiores quedas foram: Equipamentos Médicos (-80%), Livros & Músicas (-69%) e Roupas & Brinquedos Infantis (-57%).

“Em comparação com o nosso último levantamento, percebemos que houve algumas mudanças no comportamento de compra nesses períodos, evidenciados pelas categorias de maior e menor procura.

A única categoria que manteve um número alto de transações foi a de Computadores & Softwares, o que é natural por conta da permanência do sistema home office, que ainda vem sendo praticado por muitas empresas.

Um ponto curioso é a mudança da categoria Livros & Músicas, que no segundo trimestre estava entre as de maior busca e no terceiro tri aparece entre as maiores quedas”, ressalta Freire.

O levantamento demonstra que o comércio online ainda é responsável por grande parte do volume de consumo da população.

Ainda de acordo com dados da Cashback World, houve um aumento de 10% nas vendas no terceiro trimestre, acompanhada pelo aumento de novas Empresas Parcerias na plataforma, seguindo a tendência de digitalização dos negócios e passando a buscar novas formas e plataformas que possam ajudá-los a oferecer mais valor e se diferenciarem no digital.

Com mais de 150 mil Empresas Parceiras na plataforma da Cashback World e mais de 15 milhões de consumidores Afiliados, a empresa oferece Cashback em cada compra feita, que varia de acordo com a loja e pode chegar a até 20% do valor da compra.

Para facilitar ainda mais a experiência, a plataforma possui um aplicativo para dispositivos móveis, o Cashback App, que já está disponível para download em sistema operacional iOS e Android e onde é possível conferir as promoções, realizar compras e controlar o saldo de Cashback a receber.

Além disso, a organização apoia duas fundações sem fins lucrativos e com atuação global: a Greenfinity Foundation, com foco ambiental, e a Child and Family Foundation, com projetos de educação e ajuda humanitária.

Por Cashback World oferece benefícios atraentes de compras (Cashback e Shopping Points) para clientes que desejam economizar dinheiro comprando em todo o mundo, tanto online como em lojas físicas.