Confira sete dicas para gerir bem o dinheiro em caixa

Aprenda como organizar as finanças da empresa

Entender como gerir o dinheiro em caixa de uma empresa envolve um monitoramento eficiente do capital que entra e sai do negócio. Com a manutenção do fluxo de caixa é possível controlar as finanças e averiguar a saúde da empresa de forma precisa. Essa prática permite que haja maior controle das movimentações de dinheiro em determinado período, proporcionando tomadas de decisão mais acertadas e consistentes.

Pensando nisso, a Intuit QuickBooks, fintech multinacional que apoia empreendedores com tecnologia para gestão financeira, reuniu 7 dicas de Tiago Tadeu, diretor de vendas da empresa, para lidar bem com o dinheiro em caixa. Confira!

1. Mantenha o controle do dinheiro em caixa

O modo mais eficaz de gerir o dinheiro em caixa é criar e administrar um orçamento minucioso para todas as suas despesas em um determinado período. É comum que empreendimentos que se preocupam com o seu crescimento criem um controle do dinheiro no início de cada ano. Dessa forma, é possível projetar planos e alinhar as metas do negócio. 

2. Categorize os lançamentos

Categorizar os lançamentos e separá-los é uma medida fundamental para o controle do caixa. A separação permite saber de onde está saindo o dinheiro e para onde ele vai, gerando assim um controle maior sobre as finanças. Compreender os detalhes de cada categoria também auxilia a empresa a ter uma atuação mais coerente perante questões ligadas à gestão administrativa do negócio.

3. Conte apenas com o dinheiro que já entrou

Quando se controla o dinheiro em caixa, é possível perceber o valor que entra e sai, sendo bastante comum o empreendedor já contar com o capital que ainda entrará na conta do negócio. Essa situação deve ser evitada, principalmente em contas parceladas, pois a saúde financeira da empresa pode ser prejudicada.

“Faça compromissos apenas com aquilo que já se encontra no caixa da empresa. Essa atitude vai otimizar totalmente o fluxo do negócio e permitirá que haja um melhor controle das finanças”, comenta Tiago.

4. Planeje e gerencie o estoque

estoque é um dinheiro que não rende juros nem promove renda, ou seja, é um capital estático. Contudo, o dinheiro aplicado nele pode impedir que o empreendedor utilize outras oportunidades mais lucrativas para o negócio.

Nesse contexto, é importante saber qual é o limite máximo e mínimo de produtos em estoque e qual é o valor dele. Dessa forma, é possível compreender melhor o nível de controle que se tem sobre ele e quais ações são possíveis de serem tomadas, possibilitando que o empreendedor construa uma empresa de sucesso, sem registrar prejuízos.

5. Feche o caixa todos os dias

Seguir uma rotina é essencial para o fechamento de caixa correto, para que todas as contas estejam organizadas. Pagamentos em cartão de débito ou crédito e dinheiro devem ser registrados, assim como as mercadorias e vendas devem ser adequadamente contabilizadas.

“Colocar em prática um controle de caixa diário é uma maneira eficaz de organizar e acompanhar o fluxo de caixa mensal. Calcular todas as suas despesas e receitas permite um melhor controle financeiro, além de viabilizar o crescimento eficiente da empresa”, explica Tadeu.

6. Avalie seu capital de giro e seja realista

É interessante que as empresas verifiquem se houve o retorno desejado com a venda de mercadorias ou serviços. Talvez seja o momento de renegociar contratos com os clientes para garantir um melhor capital de giro e retorno financeiro para o negócio. Por isso, é muito importante controlar o dinheiro em caixa e realizar avaliações periódicas para ver se a empresa está realmente seguindo o caminho planejado.

7. Utilize um sistema de gestão financeira

Mesmo que seja possível realizar o controle de dinheiro em caixa por meio de planilhas, essa não é a melhor opção, pois não garante a eficiência de controle e a segurança quanto ao uso de um sistema de gestão financeira.

“Utilizar um software específico da área é uma forma de deixar sua gestão mais prática, precisa e segura. Há várias ferramentas disponíveis que otimizam e trazem uma dinâmica melhor na análise da saúde financeira e no planejamento de uma empresa”, compartilha Tiago Tadeu.

Conforme você utiliza o sistema, os dados são mantidos em maior segurança, podendo inclusive ser acessados de vários dispositivos e de qualquer lugar. Tudo isso vai otimizar o dia a dia da empresa e fazer com que ela ganhe destaque em relação à concorrência.

Saiba mais no blog do QuickBooks!

Intuit é uma plataforma de tecnologia global que ajuda clientes e comunidades a superar seus desafios financeiros mais importantes para que possam prosperar. 

Comentários estão fechados.