Confira sete dicas para ser aprovado em concursos da Justiça do Trabalho

Tribunais Regionais do Trabalho anunciam realização de processos seletivos para 2022; especialista orienta sobre como organizar um cronograma de estudos

Após um longo período sem processos seletivos, a Justiça do Trabalho retoma em 2022 a realização de concursos públicos para os Tribunais Regionais do Trabalho. De acordo com levantamento realizado pelo Grupo CERS, especializado em cursos EAD para concursos públicos, pelo menos nove Tribunais Regionais, dos 24 existentes no Brasil, já anunciaram a abertura de novas vagas para este ano.

“Os últimos editais para os Tribunais do Trabalho foram em 2018, por isso havia uma expectativa muito grande para a retomada dos concursos públicos na Justiça do Trabalho para este ano. Temos várias regiões com processos autorizados e em andamento, outros estão com editais vencidos ou prestes a vencer e devem anunciar concursos em breve”, explica Renato Saraiva, CEO do Grupo CERS.  

Com tanta expectativa e salários atraentes, a concorrência promete ser grande. Por isso, quem está se preparando para essas provas precisa de organização e disciplina para conseguir dar conta de todo o conteúdo. Renato Saraiva elenca sete dicas para organizar um cronograma de estudos e garantir um bom aproveitamento:

1 – A rotina de estudos deve ser constante

Comprometa-se a estudar todos os dias e não somente quando o edital for publicado, porque após a publicação geralmente são poucos meses para a preparação. Para fazer um cronograma, é preciso definir qual a sua disponibilidade de tempo e reservar algumas horas do dia para as tarefas. O importante é estudar diariamente, mesmo que seja um pouco por dia.

2 – Estude de forma inteligente

Na prova não cai todo o conteúdo que consta no edital, por isso é importante fazer um raio-x dos concursos anteriores e focar nos conteúdos mais recorrentes. Identificar qual o núcleo central, o que é o mais importante dentro de cada tema, pode otimizar a sua preparação.

3 – Assista videoaulas atualizadas

Assistir às aulas é fundamental para um bom aproveitamento dos estudos. Os professores estão acostumados com concursos públicos e sabem direcionar o conteúdo de acordo com o que é cobrado na prova. Buscar materiais atualizados também é importante, já que a legislação é revisada constantemente.

4 – Invista em leituras especializadas

Além do material didático próprio para o concurso do TRT, é importante manter uma rotina de leitura, principalmente de livros, artigos e resumos sobre doutrina, jurisprudência e Lei Seca, que é um tema bastante recorrente nos processos seletivos.

5 – Resolva as questões de concursos anteriores

A prática é fundamental para se familiarizar ao estilo da prova. Refaça os exercícios das provas anteriores, principalmente as organizadas pela mesma banca examinadora do concurso atual. É importante estipular um tempo máximo para a resolução das questões, para se adaptar ao tempo da prova.

6 – Aproveite os finais de semana para fazer simulados

Quem se prepara para concurso público deve estar ciente que o estudo deve ser constante e, por isso, é importante que a rotina continue mesmo em finais de semana. Aproveite o tempo livre para fazer os simulados. Monitore os resultados e refaça as questões nas quais teve mais dificuldade.

7 – Analise frequentemente o seu desempenho e foque nos erros

Avaliar o desempenho e perceber em que temas está tendo mais dificuldade ajuda no processo de preparação. Identifique os erros e concentre os estudos em corrigir essas questões.

Concursos previstos em todas as regiões do país

O TRT4 (Rio Grande do Sul) divulgou no final de abril a banca examinadora do concurso, que será conduzido pela Fundação Carlos Chagas e o edital com o número de vagas deve ser publicado ainda em maio. Há ainda a expectativa de publicação de editais nos próximos meses do TRT3 (Minas Gerais), TRT5 (Bahia), TRT13 (Paraíba), TRT16 (Maranhão) e TRT22 (Piauí), cujas comissões já foram formadas. Segundo levantamento realizado pelo CERS, outras regiões com concursos autorizados são: TRT8 (Pará e Amapá), TRT9 (Paraná) e TRT17 (Espírito Santo).

Os interessados nos processos seletivos dos Tribunais do Trabalho podem participar da Jornada da Aprovação do CERS, com conteúdos totalmente on-line e gratuitos: https://conteudo.cers.com.br/jornada-da-aprovacao-trt

O Grupo CERS é especialista no aperfeiçoamento e no direcionamento de carreiras por meio de ensino online. 

Comentários estão fechados.