Confirmado nova prorrogação do Auxílio Emergencial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a extensão do programa, mas não deu muitos detalhes sobre como funcionará

Paulo Guedes, ministro da Economia, declarou nesta sexta-feira 1º de outubro, que o Auxílio Emergencial 2021 será prorrogado pelo ministro da Cidadania, João Roma. A declaração de Guedes ocorreu em cerimônia do Palácio do Planalto, contudo, o ministro não entrou em detalhes.

Guedes declarou que “o ministro Tarcísio (de Freitas, da Infraestrutura) vai vender mais 22 aeroportos. O ministro Rogério Marinho (do Desenvolvimento Regional) vai concluir as obras. O ministro João Roma vai estender o auxílio emergencial. Nós somos um time remando pelo Brasil”.

Parcelas e valores indefinidos

De acordo com levantamento do portal Globo, o governo vem se preparando para uma nova prorrogação do auxílio emergencial, que até então terá sua última parcela confirmada para este mês de outubro.

De acordo com interlocutores do governo, não se sabe ainda qual será o valor ou número de parcelas da nova prorrogação do benefício.

Ainda está sendo discutido uma nova sistemática de pagamentos, chamado de repasse decrescente. Ou seja, com o objetivo de não cortar o benefício de uma vez, mas sim, de ir reduzindo o valor do benefício aos poucos, para que o fim do programa não impacte os mais de 25 milhões de trabalhadores informais que atualmente recebem o benefício.

Comentários estão fechados.