Conheça os principais modelos de promoção de vendas

0

Há uma série de modelos de promoção de vendas que o empreendedor pode integrar ao negócio, no entanto, a escolha pelo tipo ideal irá depender dos objetivos que ele deseja alcançar.

Especialmente agora, com a proximidade da black friday, conhecer essas estratégias pode ser essencial para melhorar o fluxo de vendas e atrair novos clientes.

Observe os 7 principais tipos de promoção de vendas:

1 – Descontos únicos e progressivos

O desconto funciona como o tipo de promoção de venda mais usual em empresas de todos os segmentos, podendo ser aplicado individualmente a cada produto/serviço ou integrada no modelo progressivo.

O modelo progressivo é quando o desconto aumenta gradativamente de acordo com a quantidade de itens comprados.

No entanto, há um risco que deve ser observado ao conceder descontos, pois, ainda que a intenção seja alavancar as vendas, é possível que o estabelecimento saia no prejuízo caso não tenha um bom controle financeiro. 

Por isso, ao estabelecer um desconto, é essencial considerar não apenas o valor pago pelo produto ou os materiais utilizados no serviço, como também, os demais custos várias como mão de obra, impostos, comissões, entre outros.

Destacando que, nitidamente preço final com o desconto não pode ser inferior do que o custo total que o produto teve para a empresa. 

Um fator que reduz com o desconto, é a margem de lucro. 

Por exemplo, se uma loja tem o interesse em lançar determinado produto e tinha uma margem de lucro de 100%, este percentual poderá ser reduzido para 70% ou 50% para fazer a promoção de lançamento. 

2 – Liquidação e queima de estoque

Estas duas alternativas se tratam da promoção de vendas ideia para empresas que têm produtos parados no estoque e que precisam atualizar o portfólio, como por exemplo, no caso das lojas do setor de moda e eletroeletrônicos.  

Em resumo, tais práticas consistem em estratégias de descontos mais agressivos, método que pode reduzir drasticamente a margem de lucro ao mínimo no intuito de evitar a perda e a obsolescência de itens parados no estoque. 

Nesta situação a regra é clara, colocar os preços na ponta do lápis e verificar cada um deles para ter certeza de que não haverá um prejuízo financeiro, pois, em caso de produtos ultrapassados e com uma demanda muito baixa, a meta é obter, pelo menos, o mesmo preço de custo. 

3 – Brindes e amostras grátis

A prática de distribuir brindes e amostras grátis continua sendo uma estratégia campeã para incentivar e estimular os clientes a experimentarem os produtos e serviços, embora seja uma proposta que requer investimento. 

É importante destacar o papel de cada um deles, pois, enquanto as amostras atuam na conquista instantânea de clientes, os brindes fidelizam eventuais consumidores da marca.

No caso das empresas de alimentos, por exemplo, esta é uma prática bastante adotada na degustação gratuita. 

Já no caso das empresas prestadoras de serviços como escolas e academias, essa estratégia pode ser implementada através da oferta da “primeira aula grátis”, que costuma fazer bastante sucesso entre os consumidores. 

Por fim, nada é mais eficiente do que fazer os clientes lembrarem da empresa ao oferecer um brinde personalizado e útil, seja uma caneca, um porta-óculos, uma caneta, camiseta, entre outros.

Contudo, caso os brindes sejam promovidos na condição de “compre e ganhe”, é necessário ter uma autorização prévia do Governo. 

4 – Sorteios e concursos

Os sorteios e concursos que oferecem prêmios, são o modelo de promoção de vendas mais complexo da lista, mas que, costuma gerar mais visibilidade para a empresa.

Para sortear os prêmios, a empresas pode recorrer à famosa e clássica urna de cupons, ou até mesmo, aproveitar o formato digital para distribuir códigos e obter o cadastro dos clientes, estratégia recorrente utilizada na captação de leads. 

No que se refere aos concursos e competições que visam premiar algum cliente, esta estratégia também pode ser vista como um marketing instantâneo ao solicitar que o cliente elabore a melhor frase ou vídeo utilizando determinado produto ou serviço, publicação mais curtida nas redes sociais, dentre várias outras ações.

Entretanto para realizar esse tipo de promoção comercial, é preciso obter uma autorização prévia do Governo Federal, conforme disposto na Lei nº 5.768, de 1971, bem como, a recente Lei nº 14.027, de 2020. 

Para isso, é preciso procurar o órgão competente, a Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do Ministério da Economia (Secap/ME), onde a empresa deve submeter o pedido no Sistema de Controle de Promoção Comercial (SCPC).

5 – Bônus para a próxima visita ou cliente

O bônus para a próxima visita ou promoções que dizem “traga um amigo”, são ótimas estratégias para alavancar as vendas e a recorrência dos clientes em atrair novos consumidores. 

Com o tempo, essa estratégia foi melhorada diante da versão que oferece um programa de fidelidade, o qual permite que o cliente acumule pontos ou cupons para trocar em prêmios ou descontos na empresa. 

No caso dos estabelecimentos prestadores de serviços, o ato de oferecer um desconto, brinde, ou qualquer outra vantagem ao cliente que levar um amigo para conhecer o ambiente e experimentar os serviços, costuma ter um bom retorno. 

6 – Frete grátis

Na internet, o frete grátis se consolidou como a promoção de vendas mais querida e desejada pelos consumidores, pois, além de atrair novos clientes, incentiva-os a encher o carrinho e aproveitar ao máximo essa oportunidade. 

7 – Promoções sazonais

No decorrer do ano, os empreendedores se deparam com uma série de datas comemorativas, épocas bastante propícias para realizar promoções de vendas sazonais.

Isso porque, em qualquer segmento, não pode faltar a promoção de Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia do Cliente, Dia das Crianças, Natal, entre outras.

Em situações como essas, o uso da criatividade é livre, inclusive, uma dica é guardar algumas estratégias para a temporada de vendas de fim de ano, que começa na black friday e segue para o 13º salário, Natal e saldão de ano novo. 

Por Laura Alvarenga