Contabilidade: Pequenas empresas organizam melhor suas finanças com o apoio de contadores

As vendas de fim de ano já estão a todo o vapor e, segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), a expectativa de crescimento das vendas de Natal de 2019, em comparação com o ano anterior, é de 5,2% e deve movimentar R$ 36,3 bilhões.

É nesse cenário que as pequenas empresas e os contadores estão trabalhando para obter o melhor na reta final da data mais importante para o varejo brasileiro. Segundo Renato Canonico de Souza, sócio da MR2C Consultoria e Contabilidade LTDA, em São Paulo, para estar bem preparada para as vendas de fim de ano, a empresa deverá ter um planejamento financeiro para saber gerir seu fluxo de caixa mais intenso nesse período.

Além das compras e vendas, surge também a necessidade de contratação de mão de obra temporária. “Ao conter dados, relatórios e índices que são gerados pela contabilidade, o planejamento possibilita saber quanto de pessoal deverá ser contratado para cargos temporários, quanto de produto deverá ter em estoque para que não falte e nem sobre”, explica Souza.

Para Lars Leber, country manager da Intuit, empresa desenvolvedora de sistemas de gestão financeira do Vale do Silício, as festas de fim de ano são uma oportunidade de mais vendas a todos os tipos de empresas, sobretudo para pequenas e médias, tornando o papel do contador fundamental. “Mesmo diante desse cenário democrático, é bom lembrar que, sem ajuda, é sempre mais difícil, por isso o contador tem um papel essencial em todo processo financeiro, especialmente em datas como essas”, diz.

Quando o assunto é “O que fazer com os ganhos das vendas de Natal e ano-novo?”, a recomendação do contador é começar com muita antecedência uma análise do fluxo de caixa, ao longo do ano, para saber como realocar os ganhos gerados pelas vendas. “Se a empresa teve sucesso o ano todo e, por isso, acumula uma reserva de segurança compatível com suas despesas, investir em ativos que possam aumentar a capacidade de operação, produção e vendas é um bom caminho, mas se teve momentos de alta e baixa, o dinheiro deve ser guardado para uma eventual necessidade”.

Para ajudar o profissional contábil e as pequenas e médias empresas, sistemas de gerenciamento financeiro se tornam aliados, como o QuickBooks Online, por exemplo, que oferece funcionalidades gerenciais e contábeis para que os empresários façam a gestão das finanças dos seus negócios de maneira mais prática e de acordo com a conformidade fiscal.

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: O primeiro passo para contadores Curso sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber. Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Intuit desenvolve sistemas de gestão financeira que simplificam e impulsionam os negócios de micro e pequenas empresas, além dos de profissionais autônomos.

Comentários estão fechados.