Contabilistas dizem não à CPMF

O contador Márcio Massao Shimomoto, diretor do escritório King Contabilidade, assume a presidência do Sescon-SP e da Aescon-SP em substituição ao contador Sérgio Approbato Machado Júnior, diretor da empresa contábil Approbato & Fischer Contabilidade.



No dia 19 de fevereiro, durante a cerimônia de posse da nova diretoria, eleita para o triênio 2016-2018 e das comemorações dos seus 67 anos de existência e atuação do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Perícias no Estado de São Paulo-Sescon-SP a Entidade homenageou lideranças da classe contábil juntamente com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo- Paulo Skaf, com a Medalha Presidente Annibal de Freitas.
O contador Márcio Massao Shimomoto, diretor do escritório King Contabilidade, assume a presidência do Sescon-SP e da Aescon-SP em substituição ao contador Sérgio Approbato Machado Júnior, diretor da empresa contábil Approbato & Fischer Contabilistas Associados, que esteve no comanda nas entidades no período de 2013 a 2015.
Em seu pronunciamento Paulo Skaf fez críticas ao governo federal dizendo que a prioridade neste momento é aumentar impostos e tirar a competitividade das empresas: “O Pais está em uma situação de descontrole político e econômico, por isso não podemos permitir o aumento de impostos. A sociedade unida impedirá as coias ruins que estão sendo preparadas para o Brasil.”



Também receberam a Medalha Presidente Annibal de Freitas o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo- CRCSP, na gestão 2014-2015, Claudio Avelino Mac Knight Filippi; o presidente empossado do Sescon-SP e da Aescon-SP, Márcio Massao Shimomoto; e o empresário contábil e líder sindical Zoilo de Souza Assis.
O contador e deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) um dos parlamentares presente ao evento, informou que recentemente esteve na Secretaria da Receita Federal, acompanhado de lideranças da classe contábil, discutindo a questão das multas da GFIP, tema que vem preocupando empresários e contadores. Segundo o deputado existe a possibilidade das multas serem totalmente anistiadas.
Faria de Sá, disse ainda que Brasília só está preocupada em cobrar mais impostos e aumentar tributos. “Estamos dispostos a combater a volta da CPMF. Nós contabilistas temos de dar um basta em tudo isso, a situação é de descontrole total. Precisamos lutar por moralidade, respeitabilidade e, acima de tudo, credibilidade.”
Compareceram também à cerimônia a vereadora paulista Edir Sales, os deputados estaduais Célia Leão e Itamar Borges, que é presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e da Guerra Fiscal, o presidente do SEBRAE Guilherme Afif Domingos e muitos outros representantes da sociedade civil.


Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios