O ano de 2020 começou com um grande desafio para os empresários brasileiros, entre eles os escritórios de contabilidade. A crise que vem impactando o mundo inteiro, tanto na saúde quanto na economia, está obrigando os empreendedores a repensarem seus métodos de trabalho. Por isso, neste artigo vou falar sobre 7 dicas para o contador ajudar o seu cliente nessa fase da pandemia do novo coronavírus.

Cada dia que passa, os empresários reavaliam as medidas que podem tomar diante da crise causada pela COVID-19. Muitos estão evitando a todo custo demitir colaboradores, afinal, o recurso humano é ainda o mais valioso de uma organização. Mas como fazer para passar por este período tão complicado e cheio de incertezas?

Neste cenário o contador tem um papel fundamental, pois não é a toa que é considerado por muitos, o médico das empresas. Ele é capaz de diagnosticar, encontrar o problema e propôr as melhores soluções diante da situação. Afinal, o contador tem o conhecimento amplo sobre obrigações acessórias, economia, gestão financeira e na grande maioria, legislação trabalhista.

O desafio do contador

Se a crise na saúde causada pelo vírus está obrigando as empresas a fecharem suas portas – mesmo que momentaneamente – logo o impacto nos escritórios de contabilidade será sentido sem sombra de dúvidas.

Mas como o contador pode ajudar seu cliente a passar por essa fase e garantir que quando tudo estiver resolvido, ele ainda vai estar lá funcionando?

É sobre esse assunto que quero abordar daqui pra frente. Pois conversando com especialistas da área de contabilidade e gestão financeira, consegui compilar 7 dicas que podem orientar o contador a ajudar o seu cliente.

Afinal, o que todos queremos é passar por essa crise o mais rápido possível e com o maior número de empresas abertas e empregos garantidos. Continue lendo para conhecer as dicas.

7 dicas para ajudar o cliente do contador

As dicas que veremos daqui pra frente são fundamentais para encontrar meios de saída, em um momento onde o caixa vai ficar apertado para muitos.

1. Conhecer a dor do cliente

Já parou para pensar que nem todas as empresas estão passando por grandes apuros? Algumas delas podem ter capital de giro ou até mesmo um equilíbrio financeiro suficiente para suportar alguns meses de quedas bruscas nas vendas. Isso não quer dizer que elas não sejam impactadas, mas que sentirão com menos agonia.

É pensando neste ponto que entra o exercício de conhecer cada cliente, o cenário em que ele vive internamente pode ser analisado para saber como ajudá-lo da melhor maneira. A palavra do momento é: empatia.

Tem cliente que têm reserva e precisa de uma orientação para gerenciar melhor esse capital, outros clientes já vêm passando por crise financeira antes mesmo da chegada do novo coronavírus.

Cada situação pode ser observada pelo contador e assim partir para uma ação mais específica e certeira. Saber prescrever o remédio certo para a dor certa, é fundamental para uma cura mais rápida e precisa. É a partir desse momento que entra o trabalho de consultoria e assessoria.

Falando nisso, vamos agora para as próximas dicas.

2. Oferecer uma consultoria

A consultoria é um trabalho mais voltado para o aconselhamento. Óbvio que antes de aconselhar qualquer coisa, o profissional precisa entender todo o cenário – por isso a importância da dica nº 1 – e ao mesmo tempo montar um plano de ação que deverá ser seguido.

O cliente do contador, muitas vezes são empresários bem sucedidos que entendem bastante dos seus produtos/serviços e até do mercado que atuam, mas não entendem por completo a melhor forma de fazer uma gestão financeira e de crise corretamente.

Além desses tipos de gestão que mencionei, existem várias outras que podem ser uma limitação para diversos empreendedores, como: gestão de pessoas, gestão tributária, gestão de custos e até mesmo leis trabalhistas. Quem mais diante de tudo isso pode aconselhar seu cliente da melhor forma? Certamente o contador.

Portanto, seja cobrando ou não do cliente – se possível oferecer como ajuda voluntária – o ideal é mostrar o caminho certo para ele. E a cada decisão que ele tomar, mostrar os prós e contras da decisão, pois muitas vezes diante do estresse causado pelo problema, o empresário acaba focando no hoje e esquece de analisar como fica o amanhã.

3. Oferecer uma assessoria

Um pouco diferente da consultoria, a assessoria tem o papel importante de acompanhar e colaborar. Falando de um modo mais comum, a assessoria é pegar na mão do cliente e ajudá-lo a fazer.

Sabe quando o empresário tem diversas ideias criativas, força de vontade e muito conhecimento do seu mercado, mas quando chega uma situação como a crise da pandemia por exemplo, ele fica um pouco perdido? É exatamente nesse momento que ele pode estar precisando de um braço forte, e ajudá-lo com tarefas que não tem experiência é uma força e tanto.

Várias empresas estão falando de cortes de custos, redução ou cancelamento total de investimentos e até mesmo demissões de colaboradores. Mas e aí? Como fazer tudo isso da melhor forma? Antes de qualquer coisa, o contador pode fazer algumas perguntas para o cliente, como:

  • Você sabe por onde começar os cortes sem sofrer mais à frente?
  • Existem ferramentas ou serviços que você pode continuar trabalhando sem eles?
  • Como vem sendo gerenciado os custos do dia a dia?
  • Você sabe construir ou analisar uma planilha de fluxo de caixa?
  • Podemos ver uma forma de vender pela internet?
  • Posso te ajudar a analisar os juros de empréstimos emergenciais ou algo relacionado?
  • Quer minha ajuda para analisar o capital de giro?
  • Posso te ajudar a analisar se demitir colaboradores é a melhor opção?

Enfim, as perguntas são muitas. O importante é que façam sentido para o cliente de acordo com a realidade dele. O que o contador precisa fazer nesse momento é garantir que o cliente esteja de portas abertas quando a pandemia do coronavírus passar.

Conversando com o Contador e Empresário, Vicente Sevilha, da rede de escritórios contábeis Sevilha Contabilidade, ficou claro que o momento agora é focar no cliente que já tem em casa. Inclusive ele fez questão de dizer:

O meu negócio só existe porque o meu cliente existe

Portanto, o relacionamento com o cliente agora, vai fazer mais sentido do que nunca.

4. Apoiar na parte da legislação

Certamente você pode estar se perguntando: mas como vou ajudar o cliente na parte da legislação se não sou advogado? A pergunta realmente faz até sentido. Mas se tratando do momento, o contador pode estar bem mais informado que a maioria dos seus clientes.

Sabemos que o contador vive mergulhado dia e noite, no mundo dos tributos, departamento pessoal e todas as inúmeras obrigações acessórias do governo. E em meio a tantas informações adquiridas, o contador pode orientar melhor seus clientes nessa área legal.

Mesmo quando têm alguma dúvida, o contador consegue interpretar melhor as leis. Portanto, vai conseguir ajudar o cliente a tomar decisões mais cautelosas, seja na parte dos tributos, seja na área trabalhista.

5. Disponibilizar materiais educativos

Você que é contador, já chegou a contar quantos materiais é capaz de ler por dia para ficar por dentro de todas as mudanças que vêm acontecendo no país? Já imaginou quantos eBooks, planilhas, vídeos e infográficos também podem ser consumidos por seus clientes?

Se o contador não tem um material próprio para enviá-lo aos clientes, pode separar alguns interessantes que ele mesmo encontra na internet – e sabemos que são muitos. Quanto mais o empresário (cliente) estiver sendo educado, melhores decisões ele vai tomar.

Com tanto apoio e tempo dedicado ao cliente, o contador vai conseguir manter um relacionamento saudável com ele e garantir uma parceria por mais tempo.

6. Indicar fontes de informações seguras

Nessa crise do coronavírus, muitas empresas e pessoas estão tomando atitudes solidárias e bonitas de ser ver, mas ao mesmo tempo têm pessoas que não pensam duas vezes antes de fazer o mal, e as fake news estão aí pra isso.

Já parou pra pensar que nesse momento, um empresário em meio a toda essa confusão pode estar tomando um decisão errada por causa de uma informação falsa ou pouco esclarecedora?

O contador pode separar uma lista de fontes de informações seguras e que jamais vai ludibriar o seu cliente a fazer escolhas que vai se arrepender depois. Após fazer essa lista, pode enviar por e-mail ou whatsapp e orientá-lo a sempre consultar aquelas fontes de pesquisas em momentos de dúvida.

Se mesmo assim o cliente ainda não ficar esclarecido, o contador pode estar à disposição para explicar tudo que for preciso. Com certeza o cliente vai agradecer muito!

7. Ajudar o cliente a sair da caixa

Quem nunca ouviu essa expressão “fulano precisa sair da caixa”? Muito comum para dizer que é preciso pensar diferente.

De que forma o contador pode ajudar o cliente a pensar diferente? Sugerindo ideias baseadas em toda a realidade que ele vive e por isso a importância de praticar todas as dicas anteriores. Vamos pegar um exemplo:

Digamos que um dos clientes do contador seja uma pequeno restaurante e que devido a quarentena decretada pelos governantes, acabou tendo que fechar as portas por um tempo. Esse cliente nunca vendeu de outra forma que não fosse servindo direto na mesa. O que fazer para não falir?

Para o caso deste restaurante, o contador poderia fazer uma reunião com o dono ou gerente, mesmo que por vídeo conferência, e ajudá-lo a analisar a possibilidade de vender através de delivery. Para facilitar esse processo, alguns aplicativos foram desenvolvidos somente para isso.

Mas não é só dar a ideia e sair fora! O contador pode ajudar o cliente a calcular o custo dessa modalidade de venda, prever quanto seria o retorno financeiro, os novos valores a serem cobrados e até mesmo como cadastrar o restaurante nessas plataformas de entrega, como o iFood e o Rappi.

O contador é fundamental para qualquer empresa

Dificilmente uma empresa vive sem o profissionalismo de um contador. Assim como precisamos de médicos para cuidar da nossa saúde, as empresas precisam dos contadores para seguirem em frente.

Como disse o empresário, Vicente Sevilha:

A missão do contador é ajudar o cliente a pensar.

Todos nós precisamos entender que a pandemia do coronavírus vai passar e que mais na frente as empresas vão se reerguer e aos poucos retomarão a economia. Toda a crise fará parte do passado, mas as memórias continuarão vivas, e portanto, quem ajudou não será esquecido com facilidade.

Vamos juntos de mãos dadas passar por essa crise e em breve colher as boas ideias que ela nos forçou a ter.

Dica para novos contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda, SPED e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Conteúdo original Fortes Tecnologia