Tempos de crise e o papel do contador-consultor

A atividade empresarial vem enfrentando crises e dificuldades há alguns anos, agora fortemente agravadas pela pandemia de COVID-19.

Infelizmente, essas adversidades se arrastarão na fase pós-pandemia para muitas atividades, obrigando os empresários a adaptarem e reavaliarem os seus negócios.

Além da rotina contábil

O contador, além de suas atribuições de escriturações contábil e fiscal, também está apto a avaliar a gestão econômica, financeira e patrimonial da empresa e atuar como consultor, analisando orçamentos e suas execuções.

Além disso, o contador pode apoiar na análise de viabilidade dos negócios, nas renegociações de contratos, financiamentos e empréstimos, incluindo assessoria fiscal e planejamento tributário.

Apoio no contador- consultor

Dessa forma, os empresários podem se apoiar no contador-consultor que, com a compreensão do negócio e a “visão de fora”, pode auxiliar e aconselhar no ajustamento, direcionamento e dimensionamento da atividade, já que possui ampla experiência profissional e, guardado o devido sigilo profissional, uma bagagem de informações de empresas e atividades similares.

O contador-consultor com o seu conhecimento configura-se em um importante elemento para auxílio e suporte à tomada de decisões pelos empresários.

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

O nosso parceiro Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina tudo que um contador precisa saber no dia a dia, Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa da Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Tec Contabilidade e Alexandre Marinho, administrador, contador e administrador com especialização em Compliance.