Uma epidemia descontrolada está afetando o mundo de modo assustador. Um vírus que pode causar danos sérios, como problemas respiratórios. Ele foi detectado pela primeira vez em Wuhan, China e chamado de Covid-19 (Novo Coronavírus). 

Uma pandemia de tal magnitude pode afetar em cheio sua renda.

Muita gente no Brasil trabalha por conta própria, são mais de 24 milhões de pessoas (26% da população brasileira). São aqueles que trabalham fora do regime de contratação da CLT, conhecido como autônomo. Esse tipo de trabalhador tem que estar sempre atento aos riscos aos quais está se expondo, muito mais ainda em situações de emergência.

Em março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia de covid-19, conhecido como coronavírus. O diretor geral da instituição declarou que há hoje 118 mil casos em 114 países e que 4.291 pessoas perderam a vida por causa da doença.

Para descrever uma doença infecciosa que ameaça o mundo inteiro ao mesmo tempo, é usado o termo pandemia. Nesse momento todos os países devem estar atentos às formas de prevenção, evitando uma contaminação que se espalhe ainda mais.

O trabalhador deve ficar pensando, o que uma pandemia viral tem a ver com empreendedorismo e trabalho autônomo?

Vamos explicar a você qual a relação de uma pandemia e os cuidados que você deve tomar para que o Novo Coronavírus não afete sua renda.

Bom, para você saber, existe um grupo de risco que estão mais suscetíveis a pegar a covid-19, que são: Asmáticos, pessoas com doenças do coração, fumantes, diabéticos, além de idosos. Mas, mesmo outras pessoas fora deste grupo pode contrair esta doença.

Você é um trabalhador autônomo, não tem nenhum funcionário contratado e contrai o Coronavírus, confirmado em exame positivo feito em laboratório. A indicação médica é que você evite contato com outras pessoas, além de permanecer em repouso durante um período de tempo. 

Levando em conta, que sua renda mensal depende inteiramente de você. E logo percebe que não tem aquele dinheiro extra para uma emergência. O trabalhador fica duplamente prejudicado, pois não terá salário para receber e sua saúde física e financeira ficará abalada.

Num caso assim tão difícil, o autônomo só poderá contar com um benefício se formalizando no MEI como Microempreendedor individual. Assim as coisas podem mudar de figura para você.  Pagando mensalmente, o boleto DAS, você tem direito aos benefícios previdenciários, como o auxílio-doença. 

Tendo o benefício do auxílio-doença, sua renda mensal não será prejudicada (depois de você passar por uma perícia médica e comprovando sua incapacidade de desenvolver suas atividades por um período de um tempo).

O que faço para que essa epidemia não afete meus negócios?

Uma pandemia pode causar um estrago muito negativo em sua renda. Por isso, o MEI, deve ter precauções em questões sanitárias e também adotar estratégia de gestão para driblar a crise.

Para que seu negócio sobreviva às crises que, de forma recorrente estão ao nosso redor. Um passo importante deve ser tomado por você, é realizar ações de curto prazo. Saiba quais são elas:

Controlar os custos

Mesmo que você esteja em alta, ganhando um bom dinheiro, é necessário reduzir os custos de sua empresa. Ter uma atenção rigorosa ao fluxo de caixa. Não fazendo isso, você não vai sobreviver a nenhuma crise.

Controlando o seu dinheiro, o que entra e o que sai de seu negócio (sabendo de onde vem e para onde vai) é possível poupar cortando os gastos supérfluos.

Faça investimentos com resultados rápidos

Precisamos levar em conta que se meu negócio está passando por uma crise, a dos meus clientes também. Então, precisamos ser mais imediatistas. Vamos usar nossa criatividade para nos ajudar.

Inovar em época de crise sempre é algo que pode dar um gás para os negócios. Por isso que você não pode olhar só para dentro de sua empresa, mas, também olhar para os seus clientes, eles estão na mesma situação. Estão também precisando reduzir seus custos e otimizar seus processos. 

O desespero sempre vem quando estamos em crise. Ai, deixamos de observar os caminhos possíveis para sobreviver, quando o caos acabar. A situação atual, é preocupante. Mas, não vamos criar pânico.

A hora é de cuidar da sua renda de forma responsável e bem consciente. Vamos pensar no coletivo:  Lave as mãos, evite aglomerações, informe-se por meio de canais confiáveis e trace a melhor estratégia para proteger sua renda do impacto gerado pela pandemia.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!