Site icon Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

CPF negativado: o que acontece com a dívida após 5 anos?

imagem por @chayanuphol / freepik

imagem por @chayanuphol / freepik

Ter o “nome sujo” na praça é algo que gera muitas dificuldades para os cidadãos. O que deixa muitos brasileiros devedores esperançosos é  uma famosa história que diz que após decorridos cinco anos, a dívida deixa de existir.

É importante esclarecer, que os débitos não são quitados, eles permanecem pendentes. O que acontece é a remoção dos nomes dos devedores das listas dos órgãos de proteção ao crédito

Fique por dentro desse assunto no artigo que preparamos.

O que significa ter o nome sujo ou CPF negativado?

Quando a pessoa realiza suas compras a prazo e não consegue cumprir com os prazos determinados por seus credores, poderá ter seu CPF negativado (nome sujo)

Fica sob responsabilidade do credor avisar os órgãos de proteção ao crédito sobre o débito. Esses órgãos comunicam o consumidor em dívida que o número do seu CPF ficará negativado, se a dívida não for quitada ou ao menos negociada.

Como saber quando o CPF está negativado?

Como foi mencionado anteriormente, os órgãos de proteção ao crédito (Serasa, Boa Vista e SPC) avisam o cliente em dívida que o número do seu CPF será negativado, caso os débitos não sejam pagos ou negociados.

É bom esclarecer, que as listas  dos órgãos de proteção ao crédito estão disponíveis para consultas. O Serasa e o Boa Vista oferecem sites gratuitos, basta fazer o cadastro. O SPC também oferece site e atendimento presencial nos postos, porém nesses casos é preciso pagar uma taxa pelo trabalho.

Por quanto tempo a dívida pode ser cobrada?

Os débitos têm um prazo máximo de 5 anos para serem cobrados. Depois desse tempo, o credor não poderá negativar o nome do consumidor em dívida e deverá tirar o nome do cliente das listas de restrições.

Se o credor não entrar na Justiça nesse período, não poderá entrar após esse tempo.

É bom destacar, que o débito não desapareceu ou deixou de existir, o que realmente aconteceu foi a remoção do nome do cliente das listas dos órgãos de proteção ao crédito. Se a empresa credora quiser cobrar a dívida de forma amigável, após decorridos os cinco anos, nada pode impedi-la.

O CPF está negativado, mesmo após cinco anos da dívida. O que o cliente precisa fazer?

Quando o nome permanece restrito ou foi recolocado nas listas dos órgãos de proteção ao crédito, após o período de cinco anos, o cliente poderá exigir uma indenização em dinheiro por isso. 

Ter o CPF negativado traz várias complicações para o consumidor, como: dificuldade para conseguir empréstimos e financiamentos e transtornos na abertura de uma conta corrente ou na aquisição de um cartão.

Por esses motivos é fundamental acompanhar a situação do seu CPF e tomar as providências cabíveis para garantir os seus direitos

É importante lembrar, que o período para que o nome deixe de estar restrito é de cinco dias úteis.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Sair da versão mobile