CRCMG protocola pedido de revogação do Decreto nº 46.959/16

Por Assessoria de Comunicação do CRCMG

No dia 03 de março, o CRCMG protocolou junto à Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG) um ofício solicitando a revogação do Decreto n.º 46.959/2016, que reduziu o prazo para pagamento do ICMS.

O documento expõe a preocupação do CRCMG diante dos impactos que essa publicação traz à sociedade, aos empresários e à classe contábil. Considerando a importância do profissional da Contabilidade para a economia, o Conselho acredita que haverá uma grande dificuldade da classe contábil em se adequar para o cumprimento do dispositivo legal, inclusive em função de as empresas nem sempre estarem informatizadas para entregar em tempo hábil tais impostos. Com isso, poderão incidir multas e juros, onerando tanto empresário quanto o profissional da contabilidade. Seria necessária uma adequação muito rápida dos escritórios de contabilidade para o atendimento desse novo prazo, custo que, obviamente, teria de ser repassado ao empresário e, ao final da cadeia produtiva, também à sociedade.

Anúncios

O Conselho acredita que, com a crise pela qual o país passa, este não é o momento para o Governo alterar uma lei cujos impactos poderão ser ainda mais negativos para a economia, para a sociedade, os empresários e, também, para a classe contábil.

Além do envio do ofício, foi solicitada uma audiência entre o CRCMG e a Secretaria de Estado de Fazenda, podendo estar presentes outras entidades, para discutir este assunto contemplando vários pontos de vista, de forma que o Governo de Minas possa tomar a decisão mais acertada quanto a essa questão.

O CRCMG apoia também a inciativa da Federação dos Contabilistas de Minas Gerais (Fecon MG), na solicitação imediata da revogação do Decreto, que também considera que esta medida trará enormes transtornos.

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.