Cresce o número de contratações em empresas multinacionais estrangeiras

0

Mudança de comportamento das empresas, ferramentas tecnológicas que possibilitam realizar tarefas e reuniões sem sair de casa e a escalada do dólar mostram que você pode estar muito mais perto do que imagina de ter um patrão estrangeiro. 

Aprender inglês é fundamental. Em algum lugar do passado esta frase foi ouvida por você, na infância, adolescência ou mesmo na fase adulta.

Fato é que as mudanças pelo qual passa o planeta em meio à pandemia fizeram desta frase uma verdade absoluta. Não se trata mais de aprender para poder viajar ou acrescentar um novo idioma ao currículo.

Pesquisa realizada pela Times Idiomas, mostra que o brasileiro busca o inglês para o futuro e não tanto por uma demanda que está ali, no presente, e que a grande maioria entende que falar um segundo idioma vai trazer mais oportunidades de trabalho a médio e longo prazo. 

Até aí, nenhuma grande novidade. O divisor de águas, no entanto, está no momento em que vivemos.

A quebra de paradigmas relacionados ao formato do trabalho nos últimos 400 dias que tendem a mudar a história do planeta para sempre são uma explicação pra lá de válida para quem busca no exterior uma opção de trabalho.

A diferença é simples. Hoje, trabalhar para uma empresa estrangeira é feito tranquilamente da sua própria casa, aqui mesmo, no Brasil. 

Reportagem publicada recentemente no jornal O Estado de S.Paulo, mostra exatamente isso. A demanda de contratações de empresas estrangeiras em busca de brasileiros aumentou mais de 30%.

Designed by Giselleflissak / istockphoto
Designed by Giselleflissak / istockphoto

O salário médio pago a estes profissionais está na casa de R$ 20 mil mensais. Parece positivo para você?

Mas quais são as explicações para este movimento? Eu diria que, além do fato do real estar desvalorizado, o que por sua vez torna a mão de obra brasileira muito barata para quem paga em dólar, de outro lado, globalmente as empresas entenderam que, para certas áreas profissionais, é possível oferecer bons resultados e entrega efetiva trabalhando em home office.

A lição de casa tecnológica e os organogramas possibilitam isso há pouco tempo, mas agora é um fato.

Não precisamos ir muito longe. Como eram as ferramentas de teleconferência há dois ou três anos? Lentas, nada intuitivas e completamente não confiáveis. E hoje, como são?

Do lado de cá, os interesses dos brasileiros neste mercado gringo, o qual contrata sem a necessidade DE você arrumar as malas e encarar uma nova cultura de uma hora para outra, são também muito simples e o maior deles, é O financeiro.

A escalada do dólar explica isso de maneira matadora. Afinal, o salário médio de R$ 20 mil pagos por uma empresa estrangeira como dito acima representam aproximadamente US$ 3,5 mil, o que é muito pouco para empresas estrangeiras.

Ganhar em dólar e gastar em real é o novo sonho de consumo no mercado de trabalho tupiniquim. 

A busca pelo aprendizado do inglês está em alta, agora com motivos reais para apostar na qualificação.

E a boa notícia é que as escolas estão mais do que preparadas para isso. Plataformas de ensino intuitivas, aulas ilimitadas, professores à disposição em horários mais do que alternativos e é claro, sem a necessidade do método presencial.

Receber uma oferta de trabalho vinda de fora do país está mais perto do que você imagina. Pode ter certeza!