DARF: entenda como emitir e quitar essa guia federal

Veja como fazer o passo a passo do pagamento para evitar problemas com o governo federal.

É fato consumado que ninguém gosta de pagar impostos. Contudo é preciso para depois não ter dores de cabeça com o Governo. Afinal, ter que pagar multa será muito pior.

Há uma guia que serve para o pagamento de vários impostos e taxas federais: o DARF. Existem várias situações em que é preciso saber como pagar DARF. Porém, esse é um processo que gera dúvidas. Afinal, o sistema do governo federal é pouco amigável para quem nunca o utilizou.

Na leitura a seguir vamos explicar como emitir essa guia e acabar com as dúvidas sobre esse assunto. Acompanhe!

O que significa DARF e para que serve?

O Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) é uma guia de pagamento voltada para a quitação de impostos e taxas federais. Por isso, é necessário fazer sua emissão em diferentes situações.

Assim, é possível regularizar a situação e acabar com qualquer pendência relacionada ao governo federal. Com o DARF é possível pagar os seguintes tributos:

  • Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF);
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Quando é preciso pagar DARF?

É obrigatório emitir DARF sempre que o contribuinte tem tributos federais a pagar. 

Ainda é necessário gerar DARF no caso de existirem débitos tributários não previdenciários ou não tributários. Ou seja, qualquer pendência de pagamento relacionada ao governo federal. A mesma regra é válida para quem negocia ouro ou ações na bolsa de valores. 

Como emitir DARF?

Mais do que saber o que é DARF, é importante entender como emiti-lo. Há três formas de fazer esse processo e vamos explicar a seguir. 

DARF pelo Sicalc Web

Pelo Sicalc Web, você pode calcular e emitir o documento, esteja ele dentro do prazo de vencimento ou precise ser pago em atraso, pois ele já é ajustado com os devidos acréscimos na plataforma. Veja:

  1. Na tela que aparecer, você pode optar pelo “Preenchimento Rápido”, caso não exista a necessidade de deixar informações armazenadas para usar mais pra frente.
  2. A seguir, informe se você é “Pessoa Física” ou “Pessoa Jurídica”. Se pessoa física, informe seu CPF e data de nascimento, se pessoa jurídica, insira o CNPJ do seu negócio.
  3. Também existe a opção para “Estrangeiro”, para as pessoas de nacionalidade estrangeira que precisam gerar e imprimir um DARF, apenas para os códigos 1394 e 1402 – Imposto de Importação – Bagagem acompanhada. Se esse for o seu caso, apenas informe seu nome completo.
  4. Após definir que tipo de contribuinte você é, clique em “Continuar” e escolha o código ou o nome referente ao tributo que precisa ser pago. Por exemplo: “0190 – Carnê-leão”, “0211 – Declaração de ajuste anual” ou “4600 – GCAP Bem imóvel”.
  5. Insira o período da apuração.
  6. Em “Valor principal”, preencha com o valor do imposto. A data de vencimento do documento será gerada automaticamente.
  7. Clique em “Calcular” e pronto: basta ir em “Emitir DARF” para salvar um arquivo em PDF que pode ser aberto no seu navegador ou salvo para ser impresso quando você desejar.

DARF pelo Portal e-CAC

Se precisar emitir o DARF para pagar o Imposto de Renda, será assim:

  1. Entre no portal e-CAC. Se você nunca tiver acessado antes, precisará gerar um código de acesso.
  2. Tenha em mãos o número do recibo do Imposto de Renda, que é emitido quando você envia a declaração.
  3. Escolha a opção “Serviço Pagamentos” e, depois: Consultar Débitos > Emitir DARF > Alterar Quotas.
  4. Clique no ícone “Impressão” e pronto: você acaba de emitir o documento atualizado.

DARF pelo Programa Gerador da Declaração

Se desejar emitir o DARF da Declaração de Imposto de Renda fala assim:

  1. Abrir o programa que você usou para entregar a declaração, ou seja, correspondente ao ano da declaração que precisa pagar o DARF.
  2. Clicar em “Transmitidas”.
  3. Escolher seus dados ou os dados de quem precisa emitir o DARF atualizado.
  4. Emitir o novo DARF.

Como pagar DARF sem código de barras?

Uma dúvida comum entre os contribuintes que precisam recolher impostos federais é como emitir DARF sem código de barras. Afinal, o boleto não vem mais com esse recurso, como era antigamente.

Para pagar esse DARF pela internet, ou seja, sem a necessidade de fazer a impressão do documento, siga os seguintes passos:

  1. Entre no seu internet banking.
  2. Selecione a opção “Pagamentos”.
  3. Clique em “Impostos e Taxas/Impostos e Tributos”.
  4. Selecione “DARF”.
  5. Por fim, apenas preencha os dados solicitados pela plataforma usada.

Conclusão

Em resumo, o DARF online é uma facilidade para qualquer contribuinte que precisa recolher tributos, contribuições e taxas federais. Ele é gerado pela internet e pode ser pago até sem código de barras nos bancos conveniados.

Portanto, saber como pagar DARF é muito importante para manter as contas atualizadas e sua situação em dia com a Receita Federal.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.