DAS MEI: Entenda que é, qual o valor e como gerar boleto

Empreender tem sido cada vez mais visado por pessoas que desejam colocar o seu sonho em prática.

Mas para que haja sucesso é imprescindível que você tenha uma boa formação na área.

Na área é possível que existam alguns termos que não sejam conhecidos.

Para que você não se assuste, tenha prejuízos e pendências, é essencial saber do que se trata cada um.

Por isso, no texto de hoje eu conversarei com você sobre o que é o DAS MEI, qual o valor dele e como você pode gerar o boleto, para se manter regular.

O que é o MEI?

Para que você entenda o que é o DAS, é preciso que você entenda antes do que se trata o MEI.

O MEI nada mais é do que uma sigla para o nome Microempreendedor individual. Nele o empreendedor de pequeno porte tem menos coisas para se preocupar.

Sendo assim, é um meio de facilitar a criação de empresa pelos microempreendedores, tornando maior a possibilidade de empreender.

O que é o DAS MEI?

O DAS MEI, ou Documento de Arrecadação do Simples Nacional, é uma colaboração que o MEI faz todos os meses.

Ela é referente aos impostos que são obrigatórios no território nacional.

Este tem um valor baixo e fixo, conferindo benefícios de um trabalhador, por exemplo, previdência social, com custo reduzido.

Esta é uma maneira de incentivar o empreendedorismo através do barateamento de alguns impostos e facilitação de processos.

DAS MEI trata-se de uma contribuição mensal feita pelo Microempreendedor individual, referente a impostos obrigatórios no território nacional.

Qual o valor do DAS MEI?

Como foi falado, o valor do DAS MEI é fixo e deve ser pago no dia 20 de cada mês.

No entanto ele varia de acordo com o tipo de comércio que você tem.

Para quem tem comércio e um empreendimento industrial, o valor do DAS MEI custa cerca de R$53,25.

Já para empreendedores que tenham negócios na área de prestação de serviço, o valor do DAS MEI é de R$57,25.

Para os empreendedores que sejam da área de comércio e serviço o valor da DAS MEI fica por R$58,25.

O que este valor cobre?

Como foi dito, o DAS MEI paga alguns impostos que ajudam a regularizar a sua empresa. Por exemplo, para um serviço é pago cerca de R$5,00.

Se for uma indústria ou um comércio é pago cerca de R$1,00 e 5% do salário para o INSS.

Desta forma, é possível fazer com que a sua empresa pague os impostos necessários, de uma maneira barata e segura.

Por que pagar DAS MEI?

Existem alguns motivos específicos para que você pague o DAS MEI da sua empresa. Principalmente os benefícios e os direitos garantidos.

Veja a seguir algumas vantagens.

CNPJ

O CNPJ é a sigla correspondente ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. Ele faz com que a sua empresa entre no mapa, mostrando aos clientes e ao governo federal a sua existência.

Com o pagamento da DAS MEI, você garante que a sua empresa pague os seus impostos. Além disso, garante para você e para os seus trabalhadores os direitos.

Emissão de notas fiscais

É importante que a sua empresa, emita notas fiscais, comprovando o valor de serviços e produtos. Ainda que seja uma empresa de pequeno porte.

As notas fiscais servem para controlar as questões tributárias em todo o território. Portanto, é essencial que a sua empresa faça a emissão correta.

E para que seja possível a emissão correta de notas fiscais, é necessário estar devidamente regularizado como MEI.

Sendo assim, o pagamento da guia DAS MEI se faz mandatório.

Expedição de alvará

Para que um local funcione de acordo com as regras do município é preciso ter um alvará de funcionamento.

Este comprova que a sua empresa está seguindo as regras determinadas para a atividade exercida.

Contudo, para obter este documento, deve-se realizar o pagamento do DAS de forma contínua.

Direitos sociais

Com o pagamento em dia do DAS MEI, a sua empresa passa a pagar o INSS.

Isso garante para você auxílios como o de maternidade, doença e até mesmo a sua aposentadoria.

Quando o MEI recolhe 5% do valor sobre o salário mínimo, este tem direito à aposentadoria por idade.

Isenção de alguns impostos

Para o microempreendedor, pagar os impostos poderia ser algo desafiador, chegando a prejudicar os seus ganhos.

O pagamento do DAS MEI faz com que você seja isento de pagar impostos. Tais como o Imposto de renda, PIS, Cofins e IPI, por exemplo.

Regularização

Segundo as leis vigentes atualmente, uma pessoa só consegue exercer as suas atividades de microempreendedor individual, caso o seu DAS MEI seja pago de forma correta.

Pois, com este pagamento, todos os benefícios citados são liberados para que a sua empresa seja regularizada.

Como pagar DAS MEI?

Para que você consiga pagar o DAS MEI é possível através de alguns meios que facilitam bastante a sua vida.

Veja mais sobre estes meios abaixo.

Para emitir a guia de pagamento

Para que você pague o valor pendente, é essencial emitir as vias de pagamento.

Para fazer isso é preciso acessar o Portal do Empreendedor (para acessar clique aqui) e informar os dados solicitados.

Através deste portal, o MEI pode emitir a guia de pagamento do DAS, bem como consultar outros serviços.

Como Declaração anual de faturamento, Comprovante de MEI, bem como emitir diversas certidões e comprovantes.

Confira a seguir, o passo a passo para emissão da guia.

  1. Busque pela opção de serviços e clique na opção “Já sou Microempreendedor individual”. Assim que esta guia for acessada, você verá a opção “Pague a sua contribuição mensal”.
  2. O seu boleto pode ser pago através do débito automático na sua conta, através do pagamento online ou através de boleto. Após escolher o tipo do pagamento, informe o CNPJ e clique em “Emitir a sua via de pagamento”.
  3. Caso você esteja com todos os anos pagos de forma correta, o sistema selecionará de maneira automática o ano atual, caso você não esteja, selecione os anos anteriores para executar o pagamento.
  4. Pode ser que em algum ano exista uma parcela em aberto, clique em “Emitir DAS” para que o seu boleto de pagamento seja gerado ou opte por “Pagar online” para que o internet banking do seu banco seja cadastrado.
  5. Não esqueça que, para que o pagamento no débito automático ocorra da maneira correta, é imprescindível que a sua conta seja desbloqueada para transações online. Para saber se é permitido, entre em contato com o seu banco.

Pagamento com o boleto

Para pagar com o boleto você deve emiti-lo, pois assim terá acesso ao número localizado no código de barras, este é responsável por fazer com que o valor seja identificado no momento do pagamento.

Você pode pagar em bancos como o Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, por exemplo.

O pagamento pode ser feito nos caixas eletrônicos de cada banco, você pode digitar o código de barras ou apenas mostrar o código de barras para que o pagamento seja feito.

É importante salientar que, para que o pagamento seja feito, é preciso ter saldo no banco escolhido, utilizando o cartão para fazer o pagamento.

Pagamento online

O pagamento online tem facilitado cada vez mais a vida das pessoas, pela comodidade oferecida e pela rapidez na aprovação.

O pagamento online pode ser feito da seguinte forma: tenha em mãos o seu código de barras, ele pode ser copiado para a área de transferência.

Selecione no seu internet banking a opção de “pagar boleto” e em seguida insira no espaço o código de barras copiado.

Caso você tenha impresso a guia da DAS MEI, é possível escanear utilizando a câmera, geralmente o seu internet banking dá as instruções para realizar o processo.

Em seguida, assim que o código for copiado ou escaneado, você deve conformar o valor da fatura e confirmar o seu pagamento.

É importante salientar que, você não deve fazer o pagamento de faturas que não sejam baixadas no site do governo, pois fraudes podem ocorrer.

Conclusão

O DAS MEI se trata de uma colaboração que todo empreendedor faz por mês, este cobre alguns impostos, além de isentar do pagamento de outros que seriam cobrados. 

O mesmo tem um valor fixo e é cobrado de forma mensal.

É importante que o pagamento seja feito, de preferência nas datas corretas, para que você tenha acesso aos diversos benefícios já citados, como auxílios, possibilidade de emissão de notas fiscais, alvará e o mantenha em conformidade com a Receita Federal.

Portanto, é plausível afirmar que o pagamento é fundamental e imprescindível para que a sua empresa tenha direito a mais benefícios, assim como para a sua economia.

Tem alguma dúvida? Entre em contato ou leia mais sobre o assunto desejado aqui na nossa página. Até a nossa próxima conversa!

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática.

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Fonte: Fox Manager

Comentários estão fechados.