Débitos tributários poderão ser quitados no novo Refis no MS

O novo projeto Refis foi entregue pelo governador Reinaldo Azambuja ao deputado Paulo Correa, presidente da Assembleia Legislativa.

Além de pagar a conta de energia de 141 mil famílias inscritas no CadÚnico, o governador Reinaldo Azambuja dará mais uma vez aos contribuintes de Mato Grosso do Sul a oportunidade de quitar dívidas com o fisco estadual.

O novo projeto Refis foi entregue pelo governador Reinaldo Azambuja ao deputado Paulo Correa, presidente da Assembleia Legislativa, oferecendo descontos e parcelamentos de dívidas tributárias, assim como multas de instituições como Iagro, Imasul, Agepan e Procon.

Reinaldo destacou as vantagens que foram concedidas aos motociclistas.

Também estão previstas vantagens para quitação de dívidas com Fundersul, ITCD (Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos), além de um novo prazo para entrega da EFD (Escritura Fiscal Digital), com isenção de multa.

O governador destacou quem não poderá ser beneficiado pelo Refis do Imasul.

Ele acrescentou que nesta quarta-feira serão entregues alguns projetos de reestruturação profissional. Segundo o governador, também está em estudo um projeto do Refis do Inmetro.

Comentários estão fechados.