Declaração de Conformidade deve ser emitida até 31/5

0

As Superintendências de Relações com Investidores Institucionais (SIN), de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI) e de Normas Contábeis e Auditoria (SNC) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alertam sobre o envio da Declaração Eletrônica de Conformidade, que deverá ser feito até o dia 31/5/2017.

O documento deve ser encaminhado por meio do sistema CVMWeb, disponível no site da Autarquia, utilizando a opção Declaração Eletrônica de Conformidade, em Atualização Cadastral. A confirmação cadastral, por meio desse canal, é obrigatória para todas as pessoas físicas e jurídicas relacionadas na Instrução 510 CVM/2011, cujos registros estejam em situação ativa. São elas:   – Administradores de Carteiras

– Administradores de Fundos de Investimento Imobiliários

– Administradores de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios

– Administradoras de Mercados Organizados de Valores Mobiliários

– Auditores Independentes

– Bancos de investimento ou bancos múltiplos com carteira de investimento

– Caixas econômicas

– Consultores de Valores Mobiliários

– Cooperativas de crédito

– Corretoras ou corretoras de mercadorias

– Custodiantes

– Distribuidoras

– Escrituradores

– Fundos de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FICFIDCs)

– Fundos de Investimento em Cotas de Fundos de investimento em Participações (FICFIPs)

– Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs)

– Fundos de Investimento em Direitos Creditórios Não Padronizados (FIDC-NPs)

– Fundos de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEEs)

– Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs)

– Fundos de Investimento da Indústria Cinematográfica Nacional (FUNCINEs)

– Fundos de Investimento em Participações (FIPs)

– Fundos de Investimento regulados pela Instrução 555 CVM

A Declaração, prevista no art. 1°, inciso II, da Instrução 510, deverá ser encaminhada por esses participantes do mercado mesmo que não estejam exercendo as atividades e que os dados cadastrais não tenham sido alterados ou não estejam sujeitos a mudanças.

E, caso o prazo não seja cumprido, poderá ser aplicada multa cominatória diária de R$100,00 (para pessoas físicas) e R$ 200,00 (para pessoas jurídicas), com limite de 60 dias de atraso, nos termos do artigo 14 da Instrução 452 CVM.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.