abertura de uma empresa é a solução ideal para quem busca autonomia na hora de trabalhar e deseja colocar uma boa ideia no mundo. Se ela fornecer uma boa solução para um público-alvo específico, as chances de sucesso são altas.

Porém, para que isso aconteça, é fundamental estar ciente do processo a ser seguido a fim de conquistar o sucesso esperado, especialmente em termos das taxas a serem pagas para colocar qualquer empresa em pleno funcionamento.

Sendo assim, saiba como contabilizar as taxas de abertura de uma empresa e entenda de que forma fazer isso pode salvar o gerenciamento financeiro futuro de seu negócio.

Taxas envolvidas na abertura de uma empresa

Cada estado e município do Brasil pede que documentos específicos sejam emitidos durante o processo de abertura de uma empresa. Porém, de forma geral, alguns documentos são pedidos para todos eles:

  • Documentos a serem retirados junto à Junta Comercial;
  • Alvarás, inscrições e licenças;
  • Taxas vinculadas à sindicatos;

Cada uma dessas documentações possui um valor específico e, em média, espera-se que uma empresa que abra em São Paulo chegue a pagar até mesmo 750 reais (o mínimo é 370 reais).

Porém, não é suficiente somar o valor dessas taxas para saber como contabilizar seus gastos iniciais. É preciso somá-las a alguns outros fatores que serão descritos abaixo.

Fatores envolvidos nos gastos de abertura de uma empresa

Além das taxas a serem pagas, devem ser somadas a elas todos os gastos com custos iniciais de uma empresa.

Isso envolve, inclusive, mão de obra, suprimentos e possíveis surpresas que podem afetar a abertura de qualquer negócio.

Ainda que muitos relutam em relação a essa afirmação, a matemática não mente: na grande maioria das vezes (a não ser que exista vasto conhecimento próprio sobre o assunto) o gasto envolvido com a contratação de um profissional se mostra, na verdade, um investimento.

Assim sendo, para minimizar essas surpresas, o custo inicial de abertura de qualquer negócio e até mesmo para contabilizar as taxas de forma correta, compensa imensamente efetuar essa contratação.

Erros no processo de documentação da abertura de uma empresa podem não só impedir sua abertura, mas também inviabilizá-la em definitivo.

Só a partir desse fator já se torna possível compreender a importância de contar com profissionalismo.

DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos.

Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber. Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!



Conteúdo original Vers Contabilidade