Detentos atuam na limpeza externa do IML do Piauí

Este trabalho foi realizado em cooperação com a Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Cerca de dez reeducandos da Colônia Agrícola Major César, em Altos, iniciaram, nesta quarta-feira (09), a limpeza do espaço externo do Instituto Médico Legal do Piauí (IML), localizado na zona Sul de Teresina, nesta quarta-feira (09).

Este trabalho foi realizado em cooperação com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. 

Além do espaço que cobre o IML, os internos trabalharam na limpeza e reforma nos prédios que funcionarão as sedes da Força Estadual Integrada de Segurança Pública, no Centro de Teresina, e da Coordenadoria Estadual de Políticas para Mulheres, na zona Norte da capital.

O diretor de Inteligência da Sejus, delegado Charles Pessoa, acompanha de perto o trabalho dos detentos.

Segundo ele, essa atividade possibilita a reinserção social e contribui na hora de buscar um trabalho quando os reeducandos estiverem fora do sistema penitenciário.

“É mais uma ação da Secretaria de Justiça que vem proporcionando, cada vez mais, o trabalho para essas pessoas que estão custodiadas dentro das nossas unidades penais. Proporcionando, também, a ressocialização e a redução do custo deste preso para a sociedade”.

O delegado do IML, Assis Carvalho, avaliou a parceria entre as secretarias como uma vantagem para o Estado e os detentos.

“Para nós é muito importante, primeiro no que diz respeito à ressocialização dos reeducandos. Segundo, porque diminui os custos adicionais financeiros. Então, é uma parceria que traz benefícios para o Estado e para estas pessoas que estão no sistema penitenciário”.

Comentários estão fechados.