Quem resolveu conferir o extrato do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) depois de o governo anunciar que vai liberar o saque das contas inativas pode ter levado um susto ao encontrar menos grana do que esperava.

O primeiro passo é conferir, no extrato, se todos os meses de trabalho têm os depósitos correspondentes. “O patrão paga para o fundo 8% da remuneração mensal do funcionário. O depósito do mês é pago até o dia 7 do mês seguinte”, orienta o presidente do Instituto Fundo Devido ao Trabalhador, Mario Avelino.

Constatado o erro, o trabalhador pode entrar em contato com o empregador ou com o sindicato da categoria para cobrar o pagamento da grana. Se não houver acordo, é hora de procurar a Justiça. Via Jornal Agora

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.