Dicas de viagem: Como planejar sua viagem em época de crise econômica

Como planejar a viagem dos sonhos sem gastar muito!

0

Com o câmbio oscilando diariamente e todo um ambiente conturbado em termos econômico e político, sabemos que as pessoas estão mais reticentes em viajar, não é mesmo? Entretanto, não podemos parar as nossas vidas e muito menos abrir mão de nossos sonhos. Temos que vivê-los agora, pois o futuro nem sempre é previsível e a vida não nos dá a chance de voltarmos atrás; o relógio não para e, como dizem, “viajar é a única coisa que você compra que o faz ficar mais rico”. 

Assim, para que você não abra mão dos seus sonhos, elaboramos algumas dicas para que você possa viabilizar a viagem tão esperada junto com a sua família. Confira abaixo!

Oscilação do Câmbio
Nas viagens internacionais é preciso, inicialmente, saber que existem dois tipos de câmbio para o dólar. O câmbio à vista, utilizado nas negociações de atacado por pessoas jurídicas (exportadores, importadores, seguradoras, fundos de investimentos, etc..) e o câmbio turismo (utilizado por pessoas físicas em viagens ao exterior). A cotação do dólar turismo, por ser uma operação de varejo, é acrescida de um over (até 10% do valor do câmbio à vista). 

Em período de instabilidade econômica e/ou política (como o atual), o câmbio à vista oscila quase que diariamente. Nestes períodos evite adquirir a moeda em momentos de alta oscilação e sequências de mais de quatro altas seguidas. Após um estresse, normalmente, vem um dia de correção nos preços, que pode ser favorável ao comprador. A compra do dólar em espécie para a viagem (apesar dos riscos de extravios/furtos) é a mais vantajosa financeiramente, pois acarreta uma incidência de IOF de apenas 1,1% x 6,38% nas operações de cartões pré-pagos e cartões de crédito.

Compras no Exterior 

Se a sua viagem internacional tem como objetivo realizar boas compras, pense na possibilidade de comprar alguns itens aqui no Brasil, diretamente nos sites das empresas fornecedoras, e pedir para entregar a mercadoria no hotel onde você ficará hospedado no exterior.  Por ser uma compra planejada, com mais tempo para comparações de preços, o processo tende a ser mais racional e, consequentemente, com maior probabilidade de economia na viagem.   

Outra dica é entrar (antes de viajar) nos sites dos grandes magazines e outlets, e imprimir, antecipadamente, os cupons de descontos.  Com isso, você conseguirá planejar um roteiro de compras com mais economia. 

Períodos mais baratos para viajar para o exterior

Para economizar nas viagens internacionais, procure viajar entre 01 de março a 20 de maio e 15 de setembro a 15 de dezembro. É nesse período que você encontrará os melhores preços de pacotes para Europa, pacotes para América do Sul, pacotes para o Caribe e pacotes para os Estados Unidos.

Viagens Nacionais
Se você estiver reticente em fazer uma viagem internacional, em função da instabilidade do dólar, pense na alternativa de fazer uma viagem nacional para algum resort all inclusive, como por exemplo, o Iberostar Praia do Forte, Vila Galé Touros e Costa do Sauípe Resort. Por um preço único, você terá a sua disposição bebidas, petiscos e refeições à vontade. Além de ampla infraestrutura de lazer para adultos e crianças. Tudo isso, sem custos adicionais.

Agora se você procura uma viagem nacional mais romântica e exclusiva, uma boa dica é o Nannai Beach Resort em Porto de Galinhas, com seus bangalôs com piscina privativa, serviços de altíssima qualidade e muita tranquilidade. 

Viagens de Final de Ano 
O final de ano (a partir da 2ª. quinzena de dezembro) é o período preferido para viagens para maioria das pessoas. E não é por menos, pois é a época em que as pessoas, em geral, estão mais disponíveis e pré-dispostas para viajar. 

Se por qualquer motivo, a sua viagem de final de ano só pode ser realizada no período de réveillon (embarque em 26 de dezembro e retorno a partir de 01 janeiro), saiba que é a época do ano mais cara para viajar, tanto em viagens nacionais como nas internacionais. Para reduzir o valor desta viagem, sem abrir mão do conforto, tranquilidade e comodidade, é importante que você reserve a sua viagem (pacote de viagem, passagem e/ou hotel), com no mínimo três meses de antecedência. Com isso, você garante lugares mais baratos nos voos (economia de até 20%) e as melhores opções de hospedagem. Por outro lado, se você decidir viajar de última hora, corre-se o risco de você não encontrar mais lugares nos voos (problema muito comum em viagens de final de ano).

Para economizar mais ainda nas viagens de final de ano, verifique a possibilidade de viajar nos períodos que antecedem e precedem o réveillon. Você obterá, em média, uma economia entre 30% a 60% em relação à viagem no período de réveillon. Confira o comparativo na tabela abaixo!

Viagens em dezembro que antecedem à Semana do Natal Ocorrem entre 10 a 15 de dezembro e terminam até 20 de dezembro Economia média de 60% em relação a viagens de Réveillon
Viagens na Semana do Natal Ocorrem a partir de 20 de dezembro e contemplam o período de Natal (24 e 25 de dezembro) Economia média de 50% em relação a viagens de Réveillon
Viagens no Início de Janeiro Ocorrem a partir do 2º dia do ano novo Economia média de 30% em relação a viagens de Réveillon

Veja na tabela abaixo um exemplo de pacotes de viagens (passagem aérea + 7 noites de hospedagem + traslados) para o Iberostar Bahia Resort, na semana do Natal, Réveillon e Férias de Janeiro. Você ficará surpreso com a diferença de preços!

 Período da Viagem Valor do Pacote
Semana do Natal (saída 22/12/2019) R$ 5980
Réveillon (saída 29/12/2019) R$ 9116
Férias de Janeiro (saída 04/01/2020) R$ 6833

*Preços por pessoa, em Apartamento Luxo, com embarque de São Paulo: Fonte: Site da  Top Brasil Turismo, em 14/12/2019 *valores sujeitos a alteração*.

Viagens nas Férias Escolares (janeiro e julho) e Véspera de Feriados
As viagens em janeiro, julho e véspera de feriados são consideradas de alta temporada, e consequentemente, com tarifas maiores nos pacotes de viagens, diárias de hotéis e passagens aéreas. Para conseguir as melhores tarifas, siga a mesma dica dada para viagens de réveillon: reserve a viagem com no mínimo 3 meses de antecedência.

Viagens na Baixa Temporada
Se o seu orçamento não comporta uma viagem na alta temporada (final do ano, férias e feriados), pense seriamente na alternativa de viajar na baixa temporada no Brasil (01 de março a 15 de junho e 01 de agosto a 15 de dezembro). Neste período, você conseguirá os melhores preços nos pacotes de viagens nacionais e mais facilidade de obter os melhores voos e hotéis. É o período, também, que as agências de viagens, hotéis e companhias aéreas realizam mais promoções. Os seus gastos diários (transportes, alimentação, entretenimento, etc..) no destino também serão bem inferiores, comparados aos da alta temporada (férias, réveillon, carnaval e demais feriados). Você perceberá, ainda, que nesta época o atendimento dos prestadores de serviços (hotéis, bares, restaurantes, comércio, etc..) é muito mais personalizado e atencioso. 

Conclusão
Resumindo, escolha uma alternativa para viabilizar a sua viagem e não deixe a crise econômica paralisar a sua vida e abrir mão dos seus sonhos. Planeje a sua viagem de acordo com o seu perfil e orçamento e aproveite a vida, agora, da melhor forma possível. E mais: Para sua maior segurança, tranquilidade e comodidade, peça a ajuda de uma agência de turismo, que possa lhe dar o suporte necessário, antes, durante e após a sua viagem.

Boa Viagem!