Tempo de Leitura: 4 minutos

Se você está pegando seu primeiro Seguro Desemprego, provavelmente está vivendo com um orçamento apertado e mal conseguindo passar o mês. Se você não quer que o dinheiro acabe rápido e dure pelo menos até você encontrar seu próximo emprego, viver com a baixa renda do Seguro Desemprego é possível. Veja algumas dicas e cuidados para que seu primeiro Seguro Desemprego não seja desperdiçado.

Seguro Desemprego pela primeira vez: acompanhe as suas despesas

Quando você está com uma renda baixa, normalmente não tem muito dinheiro extra no final do mês. Se você está tentando evitar dívidas, economizar dinheiro e adotar habilidades gerais de gerenciamento de dinheiro melhores, é necessário acompanhar suas despesas.

Embora possa parecer um pouco pesado controlar todas as despesas, é crucial se você estiver tentando economizar dinheiro. Você pode usar uma planilha, uma folha de papel ou torná-la mais fácil e usar um aplicativo de gestão financeira.

Tempo mínimo para receber Seguro Desemprego

Se você está já contando com o Seguro Desemprego para sua demissão, lembre-se que há um tempo mínimo que você tem de estar empregado para ter direito ao Seguro. São 12 meses de trabalho para que o trabalhador tenha direito a receber o Seguro Desemprego.

Foi demitido sem justa causa? Quais os direitos após a reforma trabalhista?

Quantos meses se recebe Seguro Desemprego?

O tempo máximo que você vai receber o Seguro Desemprego é de 5 meses, com o tempo mínimo sendo de três meses. Não é muito tempo, e gerenciar mal esse tempo ou dinheiro pode resultar em dívidas e um prejuízo que nem seu próximo emprego pode ser capaz de quitar.

Anúncios

Controle suas despesas com o Seguro Desemprego

Se você vai pegar o Seguro Desemprego, lembre-se que suas contas precisam ficar sob controle. A maior categoria de orçamento é a mão para baixo, habitação. Seus custos de moradia podem até quebrar você. Se a sua habitação é atualmente mais de 50% do seu rendimento total, você precisa procurar um lugar mais barato para viver. Talvez voltar para a casa dos pais, parentes, ou ficar em uma república seja uma melhor opção nesse momento, até você encontrar um novo emprego.

Evite dívidas de juros altos

Dívida com juros altos vão roubar sua renda futura. Embora seja melhor ficar fora da dívida, é preciso evitar dívidas com juros altos. Isso significa que não há cartões de crédito, empréstimos do dia de pagamento, empréstimos mobiliários, etc. Pare de usar esses serviços do mercado financeiro enquanto estiver desempregado.

Construa um fundo de emergência com seu FGTS

Seu fundo de emergência é o que vai ajudar a trazer estabilidade financeira para você e sua família. Ele irá protegê-lo no caso de seu carro quebrar, você perder o seu emprego, ter que fazer um reparo caro em casa ou qualquer outro evento catastrófico. Use seu FGTS como uma poupança de emergência, Use férias, 13º e outros valores acumulados como fundo de emergência também, de forma a ter mais dinheiro sobrando para caso seu novo emprego demorar mais do que o esperado.

Negocie suas contas e gastos

Tudo é negociável. Quando você está vivendo com um orçamento apertado, deve tentar negociar todas as suas despesas. Se você tem dívidas de cartão de crédito, ligue e peça uma taxa de juros mais baixa.
Verifique se você está no plano de celular mais barato, economize em sua conta de energia elétrica, busque maneiras criativas de poupar.

Comprar de segunda mão é uma das melhores maneiras de economizar dinheiro e, potencialmente, obter itens de maior qualidade. A próxima vez que você precisar comprar algo novo, veja se consegue encontrar o que procura primeiro em segunda mão. Veja online, em grupos de vendas nas redes sociais, em classificados, bazares, entre outros.

Baixe seus gastos com comida

A comida pode facilmente entrar como o segundo maior custo mensal após a habitação. Enquanto você está com uma renda baixa, precisa manter o orçamento da sua comida sob controle, se ainda não o fez. Para poupar dinheiro em comida, passe a planejar suas refeições, evite comer fora e limite a quantidade de compras que você faz.

Mantenha seu crédito alto

Em algum momento ou outro você pode querer fazer um empréstimo para comprar uma casa ou um carro. Para obter a melhor taxa, você precisará de uma boa pontuação de crédito. Manter sua pontuação de crédito alta é simples (aqui está um detalhamento passo a passo). Basta pagar suas contas em dia, manter sua dívida baixa e evitar a solicitação de novos créditos para manter sua pontuação em situação regular.

Procure maneiras de ganhar mais

A maior coisa que você pode para suas finanças é ganhar mais dinheiro. Pode ser difícil economizar dinheiro e fornecer estabilidade financeira com baixa renda. Felizmente, há muitas coisas que você pode melhorar sua situação.

Considere a conclusão de algum tipo de programa de certificação ou educação para promover sua carreira, alternando completamente os empregos, iniciando um negócio secundário ou encontrando um emprego online que pague mais do que seu último. Crie uma empresa própria, procure trabalhos temporários, entre outras coisas. O importante é não ficar parado, e procurar sempre.

Via Ponto RH