Dicas para as pequenas empresas fortalecerem a gestão


O desafio de crescer está presente no dia a dia de qualquer empresa. Enquanto grandes corporações se preocupam com o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), a simplificação do sistema tributário do País e maiores taxas de retorno para seus investimentos, micro e pequenos empresários se voltam a seus problemas internos para expandir seus negócios.

Pesquisa realizada pela ContaAzul, empresa de software de gestão online para micro e pequenos negócios, aponta que os principais entraves para o crescimento de companhias desse porte são dificuldades quanto à análise de finanças, planejamento dos gastos e o cumprimento de todas as tarefas.

“A dificuldade em gerir as finanças também está relacionada com a falta de foco, uma vez que constatamos que, em 84,6% das empresas pesquisadas, o profissional responsável pela área financeira também exerce outros funções dentro do negócio”, diz Vinicius Roveda, CEO da ContaAzul.

Embora o cenário macroeconômico indique fraco crescimento econômico do País neste ano, 63% dos pequenos empresários têm expectativa positiva para os negócios.

Veja algumas dicas do CEO da ContaAzul para aperfeiçoar a gestão de uma empresa de pequeno porte:

Controle de caixa
Segundo Roveda, é comum micro e pequenas empresas terem problemas em relação à gestão de entrada e saída de dinheiro. Isso acontece porque os empresários não utilizam plataformas digitais para controlarem o fluxo de caixa. Sem os dados financeiros em tempo real, as decisões acabam sendo baseadas em achismos. A falta desse controle traz problemas de longo prazo muito sérios.

Baixo nível de organização
Um dos motivos para que pequenos negócios não darem certo é a falta de atualização dos dados financeiros. E, quando há algum tipo de controle, muitas vezes são feitos em papel ou manualmente, práticas que consomem tempo e são mais suscetíveis a erros.

Tecnologia
A ideia de que ferramentas digitais que auxiliam a gestão financeira são caras afastam os empresários dessas plataformas. Dessa maneira, acabam seguindo modelos de negócios antiquados, baseados em controles informais da empresa. Com uma plataforma de gestão, proprietários e contadores podem verificar em tempo real a condição financeira da companhia.

Nova geração de empresários
Quem se acostumou ao computador desde criança deve usar essa prática a seu favor. A paciência dessa geração para documentos em papel, filas e outros tipos de burocracia é menor. Ao mesmo tempo, são pessoas mais comunicativas e com habilidades multitarefa. Essas são características que, se aplicadas ao ambiente de negócios, aumentam a produtividade dos funcionários.

Foco
O quadro de funcionários de mais de 50% das micro e pequenas empresas é de até cinco pessoas. No Brasil, é comum uma pessoa ter de realizar diversas tarefas, como contato com clientes, produção, vendas, além da gestão. Já nos Estados Unidos há empresas que terceirizam o controle financeiro. A falta de foco prejudica os negócios. Uma produção mais efetiva exige funcionários concentrados em tarefas próprias.(Com informações do Portal Terra)

[useful_banner_manager banners=7 count=1]

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios