Há uma mudança significativa chegando às empresas quando o assunto é comunicação corporativa. E ela é impulsionada por novos modelos de gestão e de atuação, conduzidos pela transformação digital, cada vez mais presente nos negócios.

Vivemos um novo momento no universo corporativo, em que temas como soft skills e modelos flexíveis de trabalho estão gerando grandes discussões. Lideranças voltam seus olhares a estas temáticas em busca de soluções que gerem produtividade e engajamento, enquanto lidam com um novo perfil de profissional, que prioriza, cada vez mais, a qualidade de vida que seu trabalho pode oferecer.

A transformação digital, ancorada pela digitalização, que tem se tornado uma grande aliada na busca pela eficiência da comunicação corporativa. No endomarketing, cresce o uso de ferramentas digitais que visam estreitar a relação entre lideranças e equipes. As barreiras antes impostas pela realidade analógica começam a ser quebradas através de novos modelos de comunicação, que prezam pela agilidade e por um trabalho omnichannel.

[banner-rotativo]

Mas afinal, por que investir em comunicação corporativa? A resposta para esta pergunta perpassa por diversos fatores, mas talvez o principal seja garantir o engajamento dos times. Segundo uma pesquisa da Delloite, por exemplo, apenas 13% dos funcionários em todo o mundo estão ativamente engajados no trabalho.

As ferramentas tradicionais de comunicação, como os conhecidos murais de recados, cumprem um papel informativo muito aquém do necessário. Pouco interativos e comumente desatualizados, não chamam a atenção das equipes e dificilmente resultam em engajamento.

Já as novas ferramentas de comunicação podem ser as aliadas perfeitas para comunicar com agilidade e ainda garantir integração entre equipes. É o caso das TVs Corporativas, que reúnem em suas programações exclusivas e atualizadas dados sobre a empresa, novidades do negócio e de mercado e informações relacionadas às pessoas, de aniversários e nascimentos a viagens de trabalho e feedbacks recebidos. Tudo em um único local, em ambientes muito mais interativos e com custo-benefício mais interessante, já que há a eliminação de uso de papel e drástica redução de tempo para atualização das informações.

Este é um exemplo claro de que tecnologia e comunicação corporativa precisam andar lado a lado. Atratividade, por conta do apelo visual, acessibilidade, pois a programação pode ser transmitida em diversos locais de um negócio, dinamismo e constância são algumas das questões que se fazem presentes neste modelo de comunicação. E são estas características que condizem com o novo perfil profissional que, cada vez mais, se desenha dentro das empresas.

Esta digitalização do fluxo de informações, criando dentro das empresas os chamados digital workplaces, tem uma contribuição muito importante no employee experience, a experiência do colaborador. Contribui não só para o engajamento e consequente produtividade do profissional, mas também para a retenção de talentos, pois um trabalhador que se sente parte de uma empresa e percebe na comunicação corporativa cuidado e transparência, tende a ficar mais neste negócio.

Ganha o profissional, que passa a atuar em um ambiente muito mais acolhedor, digital e eficiente, e ganha a empresa, que ao adotar um modelo de digitalização para a sua comunicação, torna-se mais eficaz, transparente e desejada pelos profissionais.

*Adriana Bombassaro é bacharel em ciência da computação, especialista em gestão de empresas, marketing e vendas, diretora de produtos e serviços da Teclógica.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!