Dinheiro esquecido nos bancos desaponta, mas Revisão do FGTS pode render bolada

Os valores esquecidos em banco que os brasileiros tem para receber é baixo, mas revisão do FGTS pode render uma bolada

Se os valores esquecidos nos bancos pela consulta ao Sistema de Valores a Receber do Banco Central estão em média muito baixos, o mesmo não é verdade para a Revisão do FGTS que tem apresentado valores médios próximos a 10 mil reais.

Os valores envolvidos

Os brasileiros ficaram muito animados com a perspectiva de recuperar dinheiro que haviam esquecido em contas bancárias. O governo trombeteou que seriam bilhões injetados na economia. Com os primeiros valores disponibilizados para consulta no dia 7 de março, o que se tem visto é a decepção. Burocracia enorme para lidar com o retorno do dinheiro, e em muitos casos, apenas centavos tinham ficado para trás.

A Revisão do FGTS, por sua vez, poderá trazer valores mais significativos para todos os que tiveram carteira assinada desde 1999. O valor médio de Revisão é de R$10.000,00, segundo os especialistas da LOIT FGTS, que disponibiliza gratuitamente o cálculo (clique aqui). O governo estima que essa questão vem gerando um passivo superior a R$300 bilhões.

A Revisão pode ser pedida pelos trabalhadores, porque a TR não acompanha a inflação, como manda a Constituição Federal, arcando os poupadores prejuízos enormes com a carestia. Mesmo quem já sacou o FGTS tem direito de pedir sua revisão, bem como aqueles cujos pais ou parentes falecidos trabalharam nesse período.

Sem a Revisão, as perdas diante do aumento diário dos preços são certas e vão fazer falta para os poupadores amanhã ou depois. As causas tramitam no Juizado Especial Federal até o limite de 60 salários mínimos o que equivale a R$72.600,00, com isenção de custas e sem risco de honorários de sucumbência. 

O processo de revisão do FGTS

O procedimento geralmente pode ser feito todo através da internet e a startup LOIT disponibiliza todo o apoio necessário para que os trabalhadores defendam seus direitos na Revisão do FGTS, oferecendo as opções de um KIT com todos os documentos necessários e as instruções para o próprio cidadão dar entrada. 

Outra opção é contratar o serviço de atermação, onde a equipe da empresa ajuda na parte burocrática até que o pedido seja protocolado e aceito pela justiça.

Comentários estão fechados.