DIRF 2022: Fevereiro é mês de envio desta obrigação

Empresas, fiquem atentas, o mês de fevereiro de 2022 é o mês de envio da DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte).

Ser gestor de uma empresa significa estar atento ao cumprimento de todas as obrigações de um empreendimento, e fevereiro é o momento de ter atenção, pois é o mês de envio da DIRF 2022 (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte).

A DIRF é uma obrigação anual, ela é obrigatória para os empregadores, ela tem como finalidade informar para a Receita Federal sobre valores de Imposto de Renda que tenham ficado retidos com pagamentos para terceiros.

Saiba mais sobre a DIRF 2022 e veja qual o prazo exato para o cumprimento desta obrigação este ano.

O que é a DIRF?

A DIRF é uma declaração elaborada pela Fonte Pagadora, visando informar à Receita Federal os seguintes dados:

  • Rendimentos pagos a pessoas físicas domiciliadas no País, inclusive os isentos e não tributáveis nas condições em que a legislação específica;
  • Valor do imposto sobre a renda e/ou contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para seus beneficiários;
  • Pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa a residentes ou domiciliados no exterior, ainda que não tenha havido a retenção do imposto, inclusive nos casos de isenção ou alíquota zero; 
  • Pagamentos a planos de assistência à saúde (coletivo empresarial);
  • Valores relativos a deduções, no caso de trabalho assalariado.

Qual prazo de envio da DIRF em 2022?

O prazo de transmissão da DIRF em 2022 (ano-calendário 2021) se encerra às 23 horas, 59 minutos e 59 segundos (horário de Brasília), do dia 25 de fevereiro de 2022. Portanto, é hora de se organizar para o cumprimento desta obrigação.

Agora que você já sabe exatamente o prazo para cumprimento desta obrigação anual, é momento de se preparar para evitar atrasos e erros.

O não envio da DIRF no prazo gera multa de 2% ao mês-calendário ou fração, que incidirá sobre o montante dos tributos e das contribuições informados na DIRF, mesmo que tenham sido integralmente pagos, limitada a 20%.

O valor da multa mínima é de R$ 200 para pessoa física e R$ 500 para pessoas jurídicas.

Quem está obrigado a apresentar a DIRF 2022?

Estão obrigadas a apresentar a DIRF em 2022 as pessoas jurídicas e físicas elencadas nos artigos  2º e 3º da Instrução Normativa RFB nº 1990/2020, que, basicamente, são as seguintes pessoas:

  • Pessoas físicas e as jurídicas que pagaram ou creditaram rendimentos em relação aos quais tenha havido retenção do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF), ainda que em um único mês do ano-calendário a que se referir a declaração, para elas mesmas ou como representantes de terceiros;
  • E em alguns casos especiais (como candidatos a cargos eletivos, inclusive vices e suplentes), pessoas físicas e jurídicas, que não tenham realizado retenção do IR.

Esses foram somente exemplos, confira os artigos  2º e 3º da Instrução Normativa RFB nº 1990 de 2020 para saber exatamente quem está obrigado a enviar a DIRF 2022.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.