Do complexo áudio e vídeo para a facilidade do TI

0

Quando pensamos em sistemas de AV (áudio e vídeo), basicamente pensamos em uma câmera, uma tela, alto-falantes e microfones.

Mas o que diferencia sistemas de baixa qualidade dos sistemas de alta performance nas salas de reuniões? Na maior parte das vezes, uma câmera HD e um bom microfone resolvem nosso problema, e em relação ao vídeo é mais simples.

De forma simplificada é só avaliar se a imagem está tão boa quanto o streaming em HD que fazemos da Netflix em nossa casa, certo? Ok, mas e o áudio? Como posso avaliar, se o lado remoto da chamada está me escutando com qualidade? Na maior parte das vezes, a ausência de reclamações é o maior elogio.

Quando escolhemos microfones e processadores de áudio dedicados que dispõem de recursos como cancelamento de eco acústico (AEC) e redução de ruído (NR) da sala, obtemos qualidade muito superior a de microfones tradicionais embarcados em câmeras, ou improvisados.

Além de não terem qualidade, ou recursos para enfrentar adversidades como acústica ruim, ou ruídos de ambiente, esses dispositivos simples ainda têm uma estética que não colabora com o que se espera de uma sala de reuniões.

A maioria das salas de colaboração são gerenciadas e mantidas pelo departamento de TI, e sistemas de AV tradicionais não falavam a linguagem de TI.

Isso era um problema e tudo começou a mudar quando fabricantes começaram a utilizar protocolos de transporte de áudio em rede que empregam a própria infraestrutura existente na corporação para trafegar áudio, e vídeo – como o Dante®.

Foi aí que a vida do departamento de TI começou a simplificar, pois microfones e processadores de áudio (DSP) começam a ser IP, o que é o dia a dia do TI.

Outro ponto é que salas médias e grandes precisavam de diversos microfones, e a aquisição e programação de um DSP costumava ser complexa e cara, com uma linguagem nada familiar para o TI.

Pensando em todos estes fatores, e a complexidade das necessidades corporativas, e também no time de TI que gerencia todos esses ativos, a Shure lançou neste ano, para alegria do TI, o primeiro ‘DSP as a software’ da indústria AV chamado IntelliMix Room App®.

Atualizações de firmware, suportes simples e verificações de status de salas podem ser feitos remotamente de um PC, devidamente autorizado, conectado à mesma rede de áudio.

análise de códigos

E o mais importante é que a Shure também tem um software gratuito para gerenciar todos os ambientes em uma mesma plataforma.

Tudo isso para dar suporte ao principal: uma excelente captação de áudio, com processamento de sinal poderoso, com poucos cabos de rede e sem necessidade de nenhuma caixa ou rack para um projeto desse tipo.

O conceito aqui é pensar que um sistema de AV deixa de ser complexo e começa a trabalhar de acordo com a expectativa de TI, garantindo qualidade na chamada, de modo a gerar menos chamados para o suporte e elevando o retorno do investimento no curto, médio e longo prazo. Isso é o AV que fala TI.

Conecte-se sem esforço

Ainda nesse âmbito de TI, vale lembrar que a Shure lançou recentemente uma campanha batizada de “Conecte-se Sem Esforço”, voltada a profissionais da área, cujo objetivo é conscientizar esses especialistas da importância de um sistema de áudio bem configurado para reuniões por videoconferência.

Sabemos que a falta de um sistema de áudio bem configurado pode expor a empresa a falhas de segurança, privacidade e comunicação que podem resultar em prejuízos consideráveis.

Por esse motivo, é importante investir em sistemas de áudio e, ao mesmo tempo, investir em sistemas que protejam as informações compartilhadas e os ativos de uma empresa.

A campanha “Conecte-se Sem Esforço” disponibiliza um hotsite com mais informações sobre qualidade de áudio, privacidade e segurança dos sistemas. 

O portal também conta com whitepapers e infográficos sobre o assunto. Mais informações acesse

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Didiê Cunha é especialista Sênior em Desenvolvimento de Mercado da Shure no Brasil

Shure oferece excelência em qualidade de som há quase um século. Fundada em 1925, a empresa é uma importante fabricante de equipamentos de áudio, conhecidos por sua qualidade, desempenho e durabilidade.