Documento digital permite viajar de graça e meia-entrada em eventos

Vários programas sociais são oferecidos aos cidadãos, principalmente aqueles que possuem o Cadastro Único (CadÚnico).

Dentre eles, está a carteirinha Identidade Jovem (ID Jovem), que disponibiliza meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, além de vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual. 

Esse programa é regulamentado pelo Decreto nº 8.537/2015.

Segundo informações recentes da Secretaria Nacional de Juventude, que é vinculada ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, até maio deste ano, 2,1 milhões de carteirinhas haviam sido emitidas. 

Quem pode obter?

O documento beneficia os jovens de baixa renda que possuem inscrição e mantém atualizado o Cadastro Único do Governo Federal.

Desta forma, podem solicitar a carteirinha aqueles que possuem idade entre 15 e 29 anos. 

Outro requisito para participar do programa, é a renda familiar mensal que deve ser de até dois salários mínimos.

O benefício vale também para não estudantes.

Como funciona? 

A identidade jovem é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia entrada em eventos artísticos-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual.

Isso para transportes aquaviários, rodoviários e ferroviários. 

Ela é emitida pela internet e pelo aplicativo ID Jovem 2.0 que passou por atualizações recentes, para que fosse incluídas novas funcionalidades.

O prazo de validade é de seis meses, mas pelo aplicativo é possível renovar o documento de maneira simples e gratuita.

Porém, até mesmo o jovem que não é beneficiário do ID Jovem, poderá usar o aplicativo porque todas as informações do Governo Federal que estejam relacionadas com a juventude estão sendo disponibilizadas pela plataforma.

Desta forma, se tornará um sistema de comunicação tanto da Secretaria Nacional de Juventude como do Governo Federal com todos os jovens do Brasil.

Como solicitar?

A ID Jovem deve ser feita pela internet, mas o primeiro passo é se inscrever no CadÚnico ou atualizar seus dados.

Isso deve ser feito o interessado deve procurar o CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) ou o setor responsável pelo CadÚnico em sua cidade. 

Tenha em mãos os documentos pessoais de todos os integrantes da sua família e um comprovante de residência.

A pessoa que fizer sua inscrição ou atualização no Cadastro Único deverá aguardar cerca de 45 dias para emitir a ID Jovem.

Antes disso, novos cadastros ou atualizações recentes não estarão visíveis para o programa.

Depois, basta acessar o site idjovem ou aplicativo e registrar os dados solicitados. São eles:

  • nome completo; 
  • nome completo da mãe; 
  • data de nascimento;
  • número do NIS;

Depois, finalize o pedido e aguarde a avaliação do governo federal. 

Por: Samara Arruda 

Comentários estão fechados.